Porque voto Ana Paula e Décio Lima!

julho 29, 2014

ana paula romulo 13e porque venho, aqui neste blogue, pedir o voto para os dois, ela deputada estadual e ele, deputado federal, além, é claro, também declaro meus óbvios votos ao governador Vignatti, bem como Milton Mendes para senador e, como não poderia deixar de ser, Dilma Rousseff para presidenta do Brasil novamente!

um dos principais motivos pelo qual vejo que devo votar e pedir o voto para Ana Paula, é o trabalho que a atual deputada estadual tem feito na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, principalmente, na incessante busca pelos recursos federais que o estado tem recebido do governo Dilma, tanto que o próprio atual governador, do PSD, declarou seu voto e apoio à reeleição da petista em Brasília, já que SC nunca viu tantos recursos assim em sua história, praticamente. e a deputada Ana Paula, que é esposa do nosso deputado federal Décio Lima, tem sido incansável nesta busca de recursos através de projetos e apontando o caminho correto para a busca destas verbas que o governo Dilma tem disponibilizado para os estados (somente em 2013, cerca de 260 milhões de reais foram repassados ao estado através do program Bolsa Família;
DSC00901já o Pronaf, programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar tinha contemplado no mesmo ano 170 mil contratos, num total de R$ 2,3 milhões para famílias agricultoras;
o Minha Casa, Minha Vida teve quase 32 mil moradias concluídas, num investimento de R$ 1,9 bilhão, que gera também, muitos empregos diretos e indiretos, isso no PAC 1, já no PAC 2, foram R$ 6,7 bilhões, com mais de 50 mil moradias e mais 40 mil contratadas!!!!;
o Mais Médicos, programa ao qual a oposição tentou de todos os modos minar no começo, já tem 290 médicos em Santa Catarina, sendo 231 estrangeiros e 59 brasileiros, e esse número deve chegar a 420, atendendo a mais de dois milhões de catarinenses;
os UPAs (Unidade de Pronto Atendimento), que são projeto do governo federal, já são em 35 em construção, além dos nove já prontos, um deles, aqui em Itajaí, somando investimentos de mais de R$ 55 milhões;
ana paula adoçãoaté 2003, Santa Catarina tinha apenas UM campus da Universidade Federal! no governo do PT já foram implementados CINCO campi, gerando quase OITO MIL vagas!  ainda na educação, agora na básica, que é obrigação dos municípios, o governo federal já disponibilizou 196 ônibus e micro-ônibus para levarem estudantes, só em 2013! no Pronatec, que é o programa de ensino técnico e emprego, criado em 2011, foram 69 mil vagas em 284 municípios catarinenses só em 2013!

e, aí, no geral, poderia citar a luta da Ana Paula pela duplicação da BR-470, que já está em andamento, inclusive no lote 1 (que vai de Navegantes até Ilhota), como pude notar esta semana quando passei por ali, a luta da deputada pela proteção animal, no qual se destaca como uma das principais defensoras da causa no Parlamento catarinense: o tema “Controle de Zoonoses, Educação Humanitária e Defesa dos Direitos Animais” foi debatido no ano passado em SETE seminários regionais com o objetivo de propor políticas públicas para esta área!

decio lima saude SCtambém não dá pra não lembrar o Projeto de Lei 122/2013 sobre a proposição em criação do Sistema Integrado de Informações que visa promover a convergência de ações entre órgãos públicos, da sociedade civil e dos três poderes, com o nome de Observatório da Violência contra a Mulher; pra quem conhece como o estado de Santa Catarina trata esta questão nas delegacias da mulher, já está mais que na hora de tomarmos posições sérias e definitivas que protejam quem sempre foi tratada em segundo plano (e isso passa, inclusive, pela eleição para governador de Claudio Vignatti, é claro!).

ana paula assembleiamais um trabalho que é de importância suma para Santa Catarina e que Ana Paula tem encabeçado, é a da Assistência Social, que, infelizmente, no atual governo do estado tem tido pouca atuação. “Não é possível que cidades de Santa Catarina ainda não tenham os vários programas federais da área social. As obras são importantes, mas é o SER HUMANO, principalmente aquele que vive em situação de vulnerabilidade social, que precisa da nossa ação”, segundo as palavras da deputada.

Ana Paula também foi firme na luta contra o decreto 1357 do governo Colombo que igualava o valor do ICMS cobrado das empresas catarinenses na compra de produtos de outro estado, que, na prática, aumentava a carga tributária das empresas, e, então, o governo catarinense recuou, anulando a medida!

resumindo a atuação da parlamentar Ana Paula em 2013, 732 projetos foram apreciados na Comissão, 605 projetos de lei, 52 projetos de Lei Complementar, 15 Projetos de Resolução, seis PECs (Projeto de Emenda Constitucional), 45 mensagens de veto, três medidas provisórias e cinco projetos de Decreto Legislativo, além de 49 reuniões de comissão em que a deputada participou como líder da bancada do PT!
e para quem quiser conhecer mais da candidata e atual deputada estadual Ana Paula, clique aqui na sua página do Facebook!

E lá se foi a Fábrica de Papel pro chão

agosto 24, 2014

da minha coluna no Sem Censura da semana passada:

“Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política. Simplesmente serão governados por aqueles que gostam.” Platão

fabrica de papelE dá pra não pensar que o atual governo tem sua enorme parcela de culpa? Sim, tem, o próprio prefeito, semanas atrás, falava, se não me engano, que não havia dinheiro (???) pra poder salvar um pouco do patrimônio histórico da cidade, sem esquecer, também, dos próprios prédios públicos como aquele lá perto do Ferry-Boat, o prédio que fora da fiscalização do Porto de Itajaí, abandonado e que recebeu ordens judiciais para que tivesse seu restauro iniciado (até agora, o que se vê, é o vergonhoso abandono por parte do poder municipal)! Aí imaginem, uma cidade como Itajaí, com um orçamento de cerca de 1 bilhão de reais, segunda arrecadação estadual, e, claro, num governo que é comandado pelas cabeças da Direita de Santa Catarina (pelo inominável senhor G., aquele que adora processar que o cita, juntamente com a famosa famiglia (ou seria do alemão, familie) que irá eleger num cargo legislativo federal mais um dos seus, mantendo a linhagem de onde eles nunca saíram, praticamente), não tem dinheiro pra proteger o patrimônio histórico da cidade!! Alguma novidade? Pra mim e pra quem lê a política local, nenhuma, isso já é fato desde que se elegeram, aliás, isso é fato desde que existe a Direita no mundo, ou, os conservadores (que não conservam a história, o que é, de certo modo, um contrasenso etimológico, pelo menos), e é este “povo” que domina nosso estado catarina desde sempre. Porém, como nos “ensinam” na grande mídia e pelas redes sociais, “não existe mais lado”, a direita e a esquerda são iguais. Aham. E muita gente “estudada” cai nessa, exatamente como a Direita quer, pois, onde já se viu, é quase uma raridade alguém se assumir de Direita no mundo.
Mas voltemos ao patrimônio histórico destruído de Itajaí. E voltemos ao tal prédio do Porto, esse sim, de responsabilidade do município e que foi (in)devidamente abandonado pela gestão Bellini, e que, agora, sofre pra conseguir, mesmo através da Justiça, que haja um restauro decente e que seja usado para algum fim. O que se sabe lá de dentro é o que o pessoal que manda no Porto (o senhor G., dizem, manda e desmanda lá dentro, mas, claro, não tem cargo, não tem salário – ahahahah –, enfim, uma típica eminência parda, exatamente como gosta o povo da Direita local) só tá esperando cair o casarão pra poder ocupar o espaço para o próprio Porto, pois, oras, quem em Itajaí quer saber de patrimônio, de História, né? O importante é lucrar, aumentar a produtividade, crescer, progre$$o, seja ao custo que seja! E, enquanto isso, o itajaiense segue votando praticamente nos mesmos, elegendo a mesma turma que quase sempre, com raras exceções, manda na política local e na política estadual. A nós, meros mortais que gostam de política, resta lutar e esperar que esta luta surta efeito daqui alguns anos, e que as pessoas tomem consciência de que ser “apartidário” ou “apolítico” só ajuda a piorar a situação, a degradar nossa vida em vários níveis, inclusive, no apagar da nossa própria História.

Jandir dá uma banana pras multas (e pro Gern)

agosto 17, 2014

minha coluna da semana passada no jornal Sem Censura:

banana multa itajaiO que toda a população de Itajaí achava que não iria acontecer, aconteceu. O prefeito Jandir Bellini, ignorando COMPLETAMENTE UMA LEI MUNICIPAL, disse que todas as milhares de multas que apareceram nos últimos meses na cidade em semáforos onde não poderiam haver radares, serão mantidas e cobradas!

E essa bomba caiu no colo do vereador que acabou virando candidato do Jandir a Deputado Estadual, presidente da Câmara de Vereadores, Osvaldo Gern. E aí é que começa a maior estranheza de todo o fato, pois, como foi tornado público, há poucas semanas o mesmo Gern praticamente tinha desistido de ser candidato, já que, como também rola por aí, a coisa tá feia pra ele nas ruas (apesar de ter saído uma nota no JC alguns dias antes dando conta exatamente do contrário). Então, o que rolou nos bastidores era que o presidente da Câmara teria feito algumas exigências, uma delas seria o perdão das tais multas, a outra, que está sendo cumprido nesta semana, provavelmente, era a ida finalmente do projeto da criação da Guarda Municipal Armada da cidade. Só que, no fim das contas, Jandir não quis segurar a bomba sozinho, e preferiu, por motivos que estão sendo especulados, manter as multas e levar o pau que está levando da população nas ruas e redes sociais.

E um destes motivos especulados, seria de que haveria uma articulação de uma secretaria e um secretario do governo Jandir por trás disso, pois, atingindo Gern (e ele será atingido, não tenham dúvida, já que ele é do PP, partido do prefeito, presidente da Câmara e, óbvio, governista), eles impedem que o mesmo faça uma boa votação ou, até mesmo, tenha alguma chance de se eleger deputado estadual, limpando a barra destes dois que teriam pretensões para a eleição municipal de 2016.

Porém, além destas especulações políticas, o fato é que o prefeito da cidade simplesmente ignorará uma lei que está em vigor desde 2008, disse que não vai mudar os semáforos onde têm radar (fazendo, assim, os radares continuarem a  multar FORA DA LEI), e, que quem quiser se livrar das multas IRREGULARES, que vá gastar tempo, sola de sapato e, possivelmente, dinheiro pra recorrer judicialmente destas multas, pois, não tenho certeza se conseguirão retirá-las através do recurso normal. Assim, o itajaiense leva mais uma banana do prefeito, pela pura incompetência do seu governo em saber quais leis valem em Itajaí e quais não valem. Pra mim, é praticamente inadmissível que isto tenha acontecido (errar é humano e corrigir o erro ainda era possível), e vou além, é mais inadmissível ainda que o prefeito deixe isso continuar acontecendo!!

Vamos ver como nossos vereadores, principalmente os governistas, irão agir a partir desta semana em relação ao caso. O povo deve cobrá-los, já que não consegue cobrar do prefeito (cadê o movimento “vem pras ruas”?????), deve cobrar dos vereadores que os representam, já que o prefeito, este não está parecendo representar a população itajaiense.

Jandir Bellini “finalmente fala” sobre o caso do meu afastamento da prefeitura!

agosto 4, 2014

da minha coluna desta semana no Sem Censura:

montagem romulo jandirE não é que finalmente conseguiram uma declaração do prefeito Jandir Bellini sobre o escabroso caso do meu afastamento por 30 dias por, supostamente, ter ofendido o próprio prefeito no meu blogue (com postagens FORA DO HORÁRIO DE TRABALHO, ou seja, não posso usar palavras que possam ser consideradas ofensivas – e não as uso! – nem mesmo fora do horário de trabalho). Entretanto, as aspas que usei no título desta coluna são pelo motivo de que, bem, Jandir evitou ao máximo falar sobre o caso, numa pergunta feita pelo jornal Diário do Litoral no Entrevistão que o diário publicou no final de semana passado!

E aqui, faço uma pausa para lembrar ou relembrar que SOMENTE DOIS meios de comunicação em Itajaí tiveram a coragem de falar sobre o caso, um deles, este jornal Sem Censura, e o outro, o mesmo Diarinho. O resto da imprensa, seja falada ou televisiva, se deu algum destaque, simplesmente não me consultou como uma das partes (me disseram que num programa de rádio falaram, e, claro, mau de mim, com as declarações de um certo vereador que já está acionado judicialmente para responder sobre as besteiras que andou falando de mim, porém, esta rádio também não me consultou). Obviamente, se tivéssemos uma IMPRENSA SÉRIA em Itajaí, isto nunca aconteceria, porém, vocês não lerão quaisquer reclamações deste caso nem mesmo vindo, por exemplo, do curso de Jornalismo da nossa Univali, que praticamente nem sabe do que acontece no entorno fora dos muros da universidade, nem se interessa em saber, ao que parece.

Mas, voltemos ao prefeito Jandir. Agora, o que me diriam de um prefeito que, perguntado sobre o caso em questão nesta coluna, diz simplesmente que, até agora, não sabe de mais nada além do que foi publicado na imprensa??? Tem o que dizer? Sabendo que o processo adminstrativo foi enviado pelo próprio GABINETE DO PREFEITO, que manteve o caso desde 2010, através da Procuradoria da prefeitura, e que levou a assinatura final de seu comissionado, o Procurador da prefeitura de Itajaí, ganhou a repercussão que ganhou nas redes sociais, a matéria de quase uma página inteira no Diarinho, além das outras matérias subsequentes, a matéria do próprio Sem Censura, e diz textualmente que não procurou saber do que se tratava a decisão que culminou no meu afastamento e toda a repercussão gerada a partir daí, portanto, não poderia falar muito sobre o caso.

Claro que, como Jandir é um homem praticamente acima de questões mundanas como esta, aos quais ele nem quer saber, mesmo sendo prefeito da cidade, mesmo todo o processo ter NASCIDO dentro do SEU gabinete, ele dá provas de sua bondade numa frase, e diz que é “contra este tipo de coisa”. Pronto, era o que bastava para nos ajoelharmos e rezarmos aos céus pela bondade, pois, oras, ele é contra este tipo de coisa, mas, bem, acho que já expliquei tudo nas linhas acima, não é mesmo?

Coro Carpe Diem e IMCARTI comemoram seus 28 anos de existência neste domingo em Itajaí!

agosto 1, 2014

convite recital de alunos imcarti 2014Neste domingo, 3 de agosto, o IMCARTI – Instituto de Música, Canto e Arte de Itajaí convida toda a população da cidade e região para prestigiar o aniversário da instituição e do Coro Carpe Diem, a partir das 17h, na sede do Imcarti, na praça 1º de Maio, ed. Vila Real, com a AUDIÇÃO dos alunos do Imcarti, recital do Coro Carpe Diem e um recital da OCI – Orquestra de Câmara do Imcarti, todos os eventos, é claro, com entrada gratuita!

Itajaí, a República das Multas!

julho 27, 2014

MULTAS RADARES ITAJAIAlguém lembra de quando, no governo municipal do PT aqui em Itajaí, foram instalados os primeiros radares na cidade? Eu me lembro, e lembro de alguns atuais membros do governo Bellini usando adesivos no carro com os seguintes dizeres: “venha para Itajaí e receba uma multa”. Outro que me lembro exatamente, é um “famoso” militante virtual que agora ocupa um belo cargo na Procuradoria e que, na internet fazia a mesma campanha, culpando, é claro, o governo petista de Itajaí.

E agora? Será que estes mesmos membros do governo Bellini estão revoltadinhos e publicando suas reclamações na internet?, com as mais de 6 mil multas SOMENTE EM MAIO e somente em UM SEMÁFORO da cidade, o do cruzamento da Marcos Konder com a rua Silva. Não, é claro que não estão. Todos quietinhos, vendo as muitas e muitas reclamações, principalmente pelo exagero no número destas multas que têm deixado os itajaienses de cabelo em pé!! Agora, parece, surge uma notícia que as multas em semáforos da cidade poderiam ser todas SEM VALIDADE! Segundo esta lei, de autoria do então vereador Níkolas Reis (Pros), todas as multas em semáforos da cidade, em que os mesmos semáforos não tenham o contador de segundos, estariam inválidas: DISPÕE SOBRE O USO DE FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA NOS SEMÁFOROS DAS VIAS PÚBLICAS DE ITAJAÍ. – Art. 1º As fiscalizações eletrônicas, nos cruzamentos de vias públicas do município, somente poderão operar nos semáforos que demonstrem gradualmente o tempo de mudança de sinal. Art. 2º Os semáforos que contenham fiscalização eletrônica e não sejam temporizados somente serão substituídos por semáforos que demonstrem gradualmente o tempo de mudança de sinal, quando apresentarem vício, defeito ou qualquer outro erro em seu funcionamento, ou quando na aquisição de novos semáforos temporizados pelo Poder Executivo Municipal.

Enfim, apesar disso, o assunto em questão nem é esse, pois, claro, aparentemente é uma irregularidade causada pela própria prefeitura, mas, o número absurdo de multas na cidade, aponta ou
a) para um problema sério nos motoristas de Itajaí, ou
b) para um problema muito grave nos radares instalados e/ou mantidos pela prefeitura municipal.

Até agora, não se vê maiores notícias vindas da prefeitura sobre o assunto. Parece que fizeram uma coletiva para a imprensa dias atrás, mas não acompanhei o que aconteceu depois. Duvido que tenham feito algum tipo de “mea culpa”, provavelmente, como sempre, devem ter jogado a culpa nos motoristas e tirando o corpo fora. Aliás, nesta semana, vi o JC comentando que o pau já tá pegando pro próprio prefeito, que “começa” a receber críticas por causa destas multas. Não sei como, pois, todo mundo sabe, o Jandir nunca faz nada de ruim para o povo!!! Não, não, é tudo culpa dos que o rodeiam, já aprendamos essa lição, de tanto que ela é repetida nestes quatro mandatos do atual prefeito itajaiense. Ou será que estamos acordando?

minha coluna da última edição do jornal Sem Censura

A disputa pelo governo de Santa Catarina

julho 21, 2014

minha coluna da semana passada no jornal Sem Censura:

A disputa pelo governo de Santa Catarina

Agora eu quero ver como se comportará o eleitor catarinense, quanto à disputa que está se iniciando pela cadeira de governador de Santa Catarina. E, principal, do eleitor itajaiense, este que diz odiar grandes coligações, mas elegeu um prefeito com QUINZE PARTIDOS reunidos em torno do atual mandante da cidade, que diz odiar estas grandes coligações, mas votou no atual governador que tenta neste ano a reeleição, que diz odiar grandes coligações, mas, opa, aí, quando foi pro PT, essa “raiva” valeu, e, em Itajaí, Dilma Rousseff não conseguiu ganhar.

Porém, agora o itajaiense teria até (mais) dois motivos para fazer eleger, pelo menos aqui na cidade, o candidato do PT ao governo de Santa Catarina, Claudio Vignatti: é que o candidato do PT vem com um candidato a vice-governador aqui de Itajaí, o atual vereador de Itajaí Thiago Morastoni (PT). E, mais que isso, o Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina, em 2014, vem de CHAPA PURA! Sim, eleitor itajaiense, teríamos DOIS motivos a mais para votar “13” em outubro. Teríamos, porém, sabemos, o itajaiense é provinciano até raiz, e isso inclui até mesmo a população pobre, orientada sempre pela Direita que governa esta cidade praticamente em toda a sua história – e não só a cidade, pois o estado catarinense é berço de uma das grandes oligarquias brasileiras, que chega a rivalizar com aquela famosa do Maranhão, mas, como nos consideramos “mais inteligentes” que os maranhenses (ou os paulistas, que adoram eleger o Maluf, por exemplo), fazemos de conta que nada sabemos, nada vemos, nada vimos, e mantemos esta oligarquia no poder sempre que eles assim desejam. Aí, sobram xingamentos nas redes sociais pra família que manda no Maranhão, mas, para a família que vem desde antes da Ditadura Militar mandando e desmandando em Santa Catarina, todos se calam.

E, agora, finalmente, quem sabe, tenhamos uma chance de ouro de não eleger uma mega-coligação (pros que odeiam megas-coligações) com o PT e Vignatti; teremos uma chance de ouro para colocarmos um vice-governador ITAJAIENSE, coisa que há muito tempo, se não estou enganado, não acontece; teremos uma chance inigualável de colocar um partido que, apesar de quase sempre ser derrotado na terra dos Bornhausen, tem mudado pra melhor o Brasil nestas últimas três gestões (hoje temos um PIB QUATRO vezes maior que em 2002!, a desigualdade social que era -2% agora está com -11%!, tínhamos uma taxa de desemprego em 58% no último ano do FHC, agora estamos em -39%!, a dívida pública, que era 143% com o PSDB, comparando, está -41% com o PT, as reservas internacionais, em bilhões de dólares, era negativa em 2,6, agora, está em 887! – e são dados publicados na revista IstoÉ!). Aliás, só pra terminar esta coluna, um dos mentores da política econômica do Aécio Neves (PSDB) já disse pra quem quisesse ouvir que “o salário mínimo está muito alto no Brasil”, ou seja, vai lá, eleitor catarinense, este ser acima do resto do Brasil, continue votando contra o PT e elegendo a nossa bela Direita brasileira – e catarinense.

E, é claro, estes dados apresentados serão totalmente esquecidos pelo nosso eleitor barriga-verde, pois, o importante, é nunca eleger o PT, enquanto o resto do Brasil já entendeu quem é realmente o partido que governa para o POVO.

Codetran está sem efetivo??????

julho 15, 2014

moto codetran itajai zona azulsó pode ser… não é a primeira vez, mas, uma moto tem atrapalhado o estacionamento na rua Samuel Heusi, entre a Tijucas e Marcos Konder, e, pela segunda vez, fui testemunha que foi chamado a Codetran para dar um jeito no motociclista que “não sabe” que 15 metros a frente há um estacionamento para motos (que é gratuito).

dessa vez, a Codetran foi chamada às 8h15! então, a telefonista informou que o procedimento que impede as motos de estacionarem nas vagas reservadas aos carros (e que são pagos) só vale a partir das 9h (o que é muitíssimo estranho). mas, até aí, tudo bem (ou não), porém, aí está a foto tirada às 11h15 mostrando que a moto continuou a manhã inteirinha estacionada irregularmente, sem que ninguém aparecesse, como prometido na ligação feita à Codetran.

será que tá faltando efetivo? já ouvi esta reclamação de mais de um funcionário da coordenadoria que DEVERIA cuidar do trânsito itajaiense. se bem que, se for pra falar de falta de efetivo, a prefeitura de Itajaí está se tornando campeã, pois falta efetivo em praticamente todos os setores da administração municipal, e já tivemos várias e várias promessas de concurso geral, mas, até agora, desde que entrou na prefeitura em 2009, pouco vemos de verdade sendo feito pelos funcionalismo e pela própria população, que acaba sentindo o baque.

Há quase dois meses sem ponto de ônibus

julho 14, 2014
acidente-caminhao

Assim ficou o “ponto de ônibus” depois do acidente, há quase dois meses. (da página do Sol Diário)

após um acidente grave com um caminhão e um carro na avenida Reinaldo Schimthausen, que, após CINCO anos do governo Jandir Bellini, continua sem a sua via expressa para caminhões de contêiner, um ponto de ônibus foi destruído. por muita sorte, não havia ninguém no ponto naquele momento.
e isso aconteceu no dia 20 de maio.
hoje, 14 de julho, e, até agora, NADA de ponto de ônibus naquele local, e, enquanto isso, as pessoas têm de esperar em pé, pegando sol ou chuva ou frio na cabeça.

e isso que a promessa, nos jornais logo em seguida, era que em breve um ponto seria colocado ali. se bem que, “ponto”, pra o que tinha ali, era até um exagero… era um lugar com banco pra sentar e uma proteção acima da cabeça, bem a cara da administração atual de Itajaí, que, quando entrou, abandonou os pontos de ônibus fechados com vidros, que protegeriam mais a população que utiliza o transporte público em Itajaí.
assim como parece ter abandonado de vez a Via Portuária, também começada na gestão do PT, e, depois, na gestão Bellini, milhares de problemas apareceram, incluindo aí a “falta de dinheiro” pras indenizações. enquanto isso, vemos Balneário Camboriú abrindo ruas e mais ruas, desapropriando terrenos e casas (com indenizações, é claro), e, Itajaí, fica literalmente vendo navios (que aportam no porto da cidade vizinha, Navegantes).

Dalva não é socialista!!

julho 10, 2014

minha coluna desta semana no semanal Sem Censura:

anitta fakeSempre que eu leio o colunista do Diarinho JC falando sobre a nossa vice-prefeita, ou sobre o partido em que ela está, e o mesmo colunista a chama de “socialista”, sinto aquela pontada no peito, porém, sei que o JC a chama assim de uma forma irônica, pois está claro para quem entende um pouco de política que a nossa vice-prefeita, já filiada a uns quatro ou cinco partidos anteriormente (o primeiro partido dela, se não me engano, foi o PFL, partido que veio do antigo partido, que foi sustentáculo da Ditadura Militar – que era, não se engane, de Direita), obviamente não é, nem provavelmente nunca será uma SOCIALISTA, no sentido estrito do termo. Claro que, hoje em dia, com o atual sistema político-partidário brasileiro, alguém como a Dalva pode estar num partido que tem o nome de Partido Socialista Brasileiro, mesmo sem ser ou sequer saber direito o que significa SER socialista. Aliás, o próprio partido PSB tem dono (em SC), e um dono famoso por ser dono de outros partidos, e que teve sua família como um dos pilares da Ditadura Militar no estado: a família Bornhausen. Agora, alguém consegue imaginar os Bornhausen sendo… socialistas? Não dá, né? Por isso entendo a forma irônica do JC ao se referir à Dalva ou até mesmo ao Paulinho Bornhausen (filho do Jorge Bornhausen, ex-governador de Santa Catarina, indicado pelos militares que deram o golpe em 1964), porém, em tempos de Facebook, onde textos de humor acabam virando referência para críticas como se fossem reais, todo cuidado é pouco, e uma explicação do que é ser Socialista se faz necessário, ainda que resumidamente:

liberdades capitalismo socialismoSer socialista, é claro, em primeiro lugar, refere-se a alguém que preza pelo social, o ser humano, e não às relações comerciais entre as pessoas, que é uma das primazias de alguém de Direita. Ser socialista é ser a favor dos indivíduos, e apoiá-los com medidas sociais que beneficiem o POVO. O contrário disso, é o que vemos em governantes da Direita, quando se entende que é mais importante, por exemplo, beneficiar o patronato, que este, “sem dúvidas”, repassará estes benefícios aos seus empregados, consequentemente, melhorará a vida do povo. Só que o patronato tem um único objetivo: o lucro. E este lucro se dá pela exploração do trabalhador, através ou de salários baixos, e/ou através de diminuições de garantias trabalhistas. Para o patrão, o trabalhador vem depois, bem depois do seu lucro.

esquerda socialismo comunismoEm segundo lugar, um socialista lutará sempre pela DIMINUIÇÃO da desigualdade social, e, novamente, isso não se dá apenas com apoios políticos-financeiros ao patronato. Se dá com apoio efetivo ao POVO, através de programas sociais, como acontece hoje no Brasil com o Bolsa Família, um dos programas de transferência de renda para famílias que vivem em extrema pobreza, além de colocar as crianças na escola (uma obrigatoriedade do programa), entre outros benefícios. Porém, a Direita sempre foi contra transferência de renda. Pra eles, o mais importante é “ensinar a pescar, não dar o peixe”, como se diz. Porém, sabemos que pra quem nunca teve o “ensino do pescar”, nem nunca teria, o mais importante é não passar fome e ter algum alento de poder sobreviver, de colocar seus filhos na escola, de ser beneficiado por um Estado que nunca deu bola pra ele! Ah, e não confundam socialismo com comunismo (apesar que todo socialista, geralmente, seja um entusiasta do comunismo, que prevê o fim do Estado como conhecemos, mas isso, é outro assunto). Para ler mais sobre ser socialista, vá aqui: http://www.portaldaorganizacao.org.br/?p=10512


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 914 outros seguidores