Archive for the ‘Política’ Category

Mais UM MILHÃO SEM LICITAÇÃO do governo Bellini

fevereiro 16, 2010

pra quem pensava que já tinha acabado….

como também publicado pelo Fernando Alécio no Diarinho e no seu blog, abaixo, o que escreveu meu amigo Jean Sestrem sobre MAIS ESTA DISPENSA DE LICITAÇÃO EM CARÁTER DE URGÊNCIA do governo de São Jandir (e em seguido ao que escreveu o Sestrem, um trecho de um comentário no blog do Jean muito elucidativo, do Nilson):

“A empresa Delta Lux ganhou um contrato através de DISPENSA DE LICITAÇÃO de HUM MILHÃO E DUZENTOS E SETENTA E CINCO MIL REAIS para fazer limpeza em unidades de ensino apenas por TRÊS MESES EM CARÁTER EMERGENCIAL. Pelo amor de deus, aonde vai parar essa vergonha, essa sacanagem com o dinheiro público, essa balbúrdia com o erário. Jandir Bellini e Dalva acham que estão acima da Lei, do Bem e do Mal. Será que ninguém vai questionar essa vergonha? O Contrato foi assinado dia 04 de janeiro e deve terminar 31 de março da DISPENSA DE LICITAÇÃO DE NÚMERO 017/2010 e só foi publicado agora na surdina. E agora qual a justificativa? O calor? Os Vereadores estão deixando passar essa vergonheira sem controle? Chega dessa bagunça. Chega Jandir!!!

comentário:

(…)
Na tentativa de sanar minha curiosidade aliado a falta do que fazer num domingo de carnaval a tarde (alias para o carnaval desse ano o governo não tinha dinheiro), fui buscar mais informações no site do município, e encontrei no jornal 816 que a dispensa foi fundamentada no inciso IV do artigo 24 da Lei nº 8.666/93. Otimo, algo palpável para ir atras, entao eis o que diz o tal inciso, com alguns comentários meus entre parêntesis:

IV – nos casos de emergência ou de calamidade pública (qual foi a emergência ou calamidade? o tempo? Era só ter contratado logo que as crianças entraram em férias), quando caracterizada urgência de atendimento de situação que possa ocasionar prejuízo ou comprometer a segurança de pessoas (ocasionar prejuiço ou insegurança? hummm), obras, serviços, equipamentos e outros bens, públicos ou particulares, e somente para os bens necessários ao atendimento da situação emergencial ou calamitosa(“somente” hummm) e para as parcelas de obras e serviços que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 dias consecutivos e ininterruptos(“consecutivos e ininterruptos” hummm), contados da ocorrência da emergência ou calamidade(qual foi mesmo a “ocorrência”), vedada a prorrogação dos respectivos contratos;(hahhahaha, será que não vão prorrogar?)
(…)

Meio milhão pra UMA entidade em Itajaí?

fevereiro 12, 2010

parece que a vereadora Susi Bellini (PP), irmã do prefeito, já teria avisado que não faz mais parte da entidade Lar Passos da Integração.
ela era vice-presidente.
não é mais.
poréééém, isso não muda o fato de que uma entidade (comandada pela elite itajaiense) receba 500 MIL REAIS da prefeitura de Itajaí para cuidar de cerca de DOZE CRIANÇAS.
não que elas não mereçam.
mas… e as outras entidades? receberam isso? ou perto disso?
sei que a Lei de Incentivo à Cultura pagava por ano (até 2008), na soma total, perto de 800 mil reais, não é isso?
bem, espero que outras entidades que cuidam de crianças estejam ganhando tão bem assim em Itajaí, mesmo nós vivendo numa cidade “destruída”, como diz nosso prefeito.
aguardemos o que dirão nossos governantes sobre o assunto (se é que irão se manifestar, é claro).

Meio milhão pra UMA entidade em Itajaí?

fevereiro 12, 2010

parece que a vereadora Susi Bellini (PP), irmã do prefeito, já teria avisado que não faz mais parte da entidade Lar Passos da Integração.
ela era vice-presidente.
não é mais.
poréééém, isso não muda o fato de que uma entidade (comandada pela elite itajaiense) receba 500 MIL REAIS da prefeitura de Itajaí para cuidar de cerca de DOZE CRIANÇAS.
não que elas não mereçam.
mas… e as outras entidades? receberam isso? ou perto disso?
sei que a Lei de Incentivo à Cultura pagava por ano (até 2008), na soma total, perto de 800 mil reais, não é isso?
bem, espero que outras entidades que cuidam de crianças estejam ganhando tão bem assim em Itajaí, mesmo nós vivendo numa cidade “destruída”, como diz nosso prefeito.
aguardemos o que dirão nossos governantes sobre o assunto (se é que irão se manifestar, é claro).

30 anos do maior partido de esquerda do Hemisfério Sul!!!!

fevereiro 11, 2010

o Partido dos Trabalhadores, fundado em 10 de fevereiro de 1980!

se não aparecer o vídeo, clique aqui.

Mais um escândalo nascendo na Bellinilândia?

fevereiro 11, 2010

do FALA ITAJAÍ

Ontem como já falei, passeando pelo jornal do município, vi oficialmente o repasse de três programas na quantia somada de R$ 475 MIL REAIS. Fiquei curioso e fui pesquisar sobre a instituição que hoje cuida de crianças com problemas familiares segundo informações da Secretaria da Criança. Mas ao ver a diretoria, percebi que a PRIMEIRA VICE PRESIDENTE É NADA MENOS QUE A IRMÃ DO PREFEITO JANDIR A SUSI BELLINI. Ou estou completamente equivocado, e me corrijam os operadores de Direito Público, ou o repasse de subvenções sociais a entidades que tem nos cargos de direção políticos ocupando cargos eletivos ligados ao orçamento que gerou o repasse ficaria impossibilitado de recebê-los.
(…)

clique no link lá acima pra ler tudo

A mentira publicada

fevereiro 11, 2010

abaixo, e-mail enviado na terça-feira ao Diarinho, por causa da publicação de um artigo que tinha como título “A compra dos caças e a dispensa de licitação” de Carlos Eduardo Moreira Valentim. no artigo, Carlos afirma que o Governo Federal já teria comprado os caças franceses o que é uma notícia falsa publicada pela Folha de S.Paulo na semana passada, se não me engano. como o artigo era pra ser publicado em duas partes, e só a primeira fora publicada, mandei e-mail avisando da ‘barrigada’ (que na linguagem do Jornalismo significa a publicação de algo falso ou errado) que estavam cometendo publicando, porém, o Diarinho publicou as duas partes do artigo de Carlos, omitindo-se na questão de um erro grave:

Sobre o artigo de Carlos Eduardo Moreira Valentim de hoje no Diarinho com o título “A compra dos caças e a dispensa de licitação”:

bem, pelo menos ele é falso na premissa, pois inicia exatamente com uma notícia falsa (que é o escopo de todo o texto) publicada na semana passada pela Folha de S.Paulo (a conhecida BARRIGADA — como publicado no blog do Luis Nassif), dizendo que o Governo Federal teria comprado os caças franceses, PORÉM, a compra não foi feita, a barrigada foi denunciada pela mídia blogueira.

Espero que revisem, corrijam esta barrigada da Folha (e, por extensão, a barrigada do colunista e do próprio Diarinho que a publicou), já que ela terá continuação na edição de amanhã. E ao colunista, uma pesquisa em outros meios de comunicação ajudariam antes de criar uma sentença, seja contra o governo ou contra qualquer um.

Obrigado

IPTU [8] – não acabou ainda?

fevereiro 11, 2010

pois é, parece que a novela do aumento absurdo do IPTU em Itajaí não acabou ainda. ontem o Jean Sestrem no seu blog (Fala Itajaí)  dava conta que o assunto não estava tão encerrado como queria o prefeito Jandir Bellini, já que renunciar ao IPTU agora seria ilegal. hoje na coluna do JC no Diarinho, o mesmo assunto é abordado pelo colunista político do jornal. o que dizem é que Jandir já sabia que não poderia renunciar à cobrança do IPTU, mas o fez pra acalmar a população e amenizar os estragos políticos que isto causaria, portanto, como a justiça impediria a NÃO cobrança do IPTU, a Bellinilândia tentaria jogar a culpar pra cima da justiça dizendo “ó, nós tentamos, mas…”… será que a população vai cair em mais estava tentativa de engodo da Bellinilândia?
abaixo, o trecho blog Fala Itajaí e da coluna do JC falando sobre o assunto:

FALA ITAJAÍ:
Segundo informações advindas do além, a Lei que rege o IPTU já estava vigente desde 01 de janeiro de 2010, e prevista no orçamento. A revogação da Lei acarretará em renúncia de receita do ponto de vista Legal e poderá gerar um processo duro de roer para Jandir Bellini, que terá que se defender usando recurso do próprio bolso e não usar recursos da Prefeitura. O fato gerador do imposto passou a existir em janeiro e cabe ação civil pública. Se algum aloprado denunciar Jandir ao Ministério Público ou mesmo um promotor se atentar as coisas vão muito mais além do que papo furado e desculpas esfarrapadas. Fontes palacianas que vivem dentro das paredes ocas do palácio de Rei Jandir afirmam que a estratégia é esta mesmo, jogar o abacaxi no colo do Judiciário e depois dizer que a cobrança é por ordem judicial e não por vontade do Prefeito. Seria muita sacanagem não é mesmo? Mais uma vez querem salvar o deus Jandir colocando a culpa no Judiciário? Querem vender a ideia de que Jandir é bonzinho e o Judiciário é o malvado?

Ainda a cobrança Os custos de impressão (32 mil reais) e de distribuição (75 mil reais) estes omitidos por Jandir, deverão ser cobrados ainda do Prefeito e de quem custeou a bagunça. Mais uma ação deve ser movida para que os cofres públicos não sejam onerados ainda mais. Jandir diz que o povo tem que pagar o custo do erro pois é beneficiado com o abatimento. Isso vai feder muito ainda, aguardaremos novas notícias sobre a novela que só esta começando.

JC:
(…)
Oh, dor! Oh, vida!

Tem muita gente com a cabeça inchada, nos corredores do paço da Vila Operária, com a decisão do burgomestre Jandir Bellini (PP) de cancelar o novo IPTU. Na Procuradoria a correria é grande pra achar um caminho pra poder mandar hoje ao legislativo a lei que muda a cagada feita.
Água na fervura
O problema é que tem sabichão que acredita que a tal renúncia de receita terá que ser explicada lá na frente ao Tribunal de Contas, o que promete render uma porrada de comprimidos pra inchacueca das brabas. Além disso, como readequar o orçamento baseado na pretensa arrecadação do IPTU?
Puxar pelo bolso
Quem vai pagar a conta da impressão dos carnês do IPTU será o prefeito municipal que chamou pra si a burrada feita. Como diria a dona Noca lá da Barra do Rio, com todos os seus anos de janela: “Então tá!”.
Vai correr atrás
O secretário da Fazenda de Itajaí, Júlio de Sá, pretende buscar a grana que vai faltar no orçamento correndo atrás do leasing dos bancos, já que há sentenças transitadas em julgado dando ganho de causa a Itajaí. Os comedores de dinheiro têm que estrebuchar mais de R$ 30 milhões pros cofres municipais.
(…)

Agressão em creche municipal [2]

fevereiro 10, 2010

e o caso da acusação de espancamento de um bebê de apenas oito meses tomou um rumo ainda mais escabroso. os pais da criança acusam de “vingança política”, já que o bebê é neto do motorista do prefeito e da assessora do vereador e ex-delegado Renato Ribas. porém, as agressões que a atendente acusada recebeu foram tantas que ela se urinou toda, e quando presa, só depois do meio-dia e com a reportagem do Diarinho lá na delegacia é que a deixaram trocar de roupa (o rolo todo ocorreu às 8h30).

porém, algo de estranho aconteceu, pois a mãe da criança, no primeiro dia de creche (segunda-feira) ficou o tempo inteiro com a criança e, ontem, terça, quando saiu às 8h30, logo ouviu a criança chorar (normal) e, voltando, a criança já estaria sendo espancada pela atendente. oras, não é estranho isso? em questão de que, um minuto, dois minutos, a tal atendente que queria espancar a criança NEM ESPEROU A MÃE SAIR da creche para cometer tal ato? voltando ao ouvir o choro, pai e mãe (agora eles já estavam juntos?) viram pela janela a criança sendo espancada, entraram, e bateram muito na atendente.
também deve-se anotar que as professoras da creche foram todas em defesa da atendente. e também deve-se anotar que a atendente não teve seus requisitos básicos cumpridos quando presa (lembrando que Renato Ribas, se é que tem algo na história, foi ou é delegado em Itajaí há trocentos anos).

bem, o negócio é aguardar as investigações: a delegada diz que houve agressão, já um funcionário do IML disse ao jornal Diário do Litoral que não havia marcas de agressão, apenas uma pequena mancha vermelha ao lado do olho.

Audiência Pública sobre a instalação da Guarda Armada em Itajaí

fevereiro 9, 2010

é hoje, às 19h, na prefeitura de Itajaí. compareça, dê a sua opinião, participe.

aliás, como já deixei claro aqui em outras ocasiões, meu voto ainda é contra a criação de uma guarda armada na cidade.

Manifesto contrário a Guarda Armada de Itajaí

fevereiro 9, 2010

1- O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores e o Gabinete do Vereador Níkolas Reis vêm a público manifestar, com inconteste veemência, sua discordância quanto à criação de uma Guarda Municipal Armada na cidade, conforme projeto que será apresentado nesta terça-feira (09) em audiência pública.

2- O PT afirma que equipar a Guarda Municipal com armamento letal não será, em hipótese alguma, a solução para os problemas de segurança pública pelos quais a cidade atualmente passa. Esta discussão, a propósito, já foi debatida de maneira bastante profunda na legislatura passada, quando a Câmara de Vereadores manifestou de forma clara sua contrariedade a este processo.

3- Itajaí atualmente conta com cerca de 215 policiais militares na ativa, sendo que boa parte deste contingente está direcionado para serviços administrativos. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), é necessário um policial para cada 250 habitantes, o que fixa o número ideal de 688 policiais militares para nossa cidade, revelando um triste déficit para a segurança pública local. A situação não é muito diferente na Polícia Civil, o que torna o quadro ainda mais grave no município.

4- Itajaí também convive com uma penitenciária superlotada, sem condições de atender à população carcerária atual, constantemente interditada pelo Judiciário. O novo presídio e a nova penitenciária estão com dificuldade em sair do papel, muito em função da falta de interesse e competência dos governos Municipal e Estadual, este último a quem constitucionalmente cabe a maior parcela da responsabilidade sobre a segurança pública.

5- O PT de Itajaí entende que o Governo Municipal pouco cobra do Estado a sua responsabilidade na conclusão das obras da nova penitenciária e em aumentar o efetivo policial na cidade, com profissionais treinados, bem remunerados e valorizados. O Governo do Estado está em débito com Itajaí e não tem feito a sua parte nesta luta.

6- Agravando mais ainda a situação, o Governo Municipal de Itajaí ao diminuir e extinguir programas importantes como o Arte nos Bairros, Esporte nos Bairros e Escola Aberta, cria um ambiente muito favorável a um quadro de insegurança pública crônica, deixando milhares de jovens expostos ao tráfico de drogas, à violência e à criminalidade. Estes programas e outros similares apresentariam, a médio prazo, excelentes resultados no combate ao crime e na criação de um cenário de proteção social e de oportunidades para nossos jovens, em especial os oriundos de camadas menos favorecidas.

7- A Guarda Municipal de Itajaí pode seguir o exemplo de outras guardas municipais de países desenvolvidos e utilizar armamento não-letal, como spray de pimenta, aparelhos de imobilização de baixa voltagem, cassetetes, entre outros. Aparelhar a Guarda Municipal com armas de fogo, sem o devido preparo de uma academia de polícia, nas atuais condições da Guarda Municipal de Itajaí, é abrir um preocupante caminho para que casos como o do garoto Rafael voltem a acontecer por conta do despreparo e de inapropriadas condições de trabalho de nossos policiais.

8- O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores defende que a Polícia Militar e a Polícia Civil aumentem seus efetivos na cidade, investindo em um corpo de policiais bem treinados, bem remunerados e preparados para combater o crime e que o Poder Público Municipal cobre de maneira mais efetiva esta responsabilidade do Estado.

9- Criar outra estrutura de repressão nas atuais condições é um equívoco. Cabe a todos nós, itajaienses e catarinenses, exigirmos que as atuais estruturas de policiamento funcionem de maneira efetiva e recebam os investimentos necessários.

10- Por fim, repudia a estética do convite encaminhado pela Prefeitura Municipal, que sugere um ano de 2010 com algemas, por ser de extremo mau gosto e não refletir o espírito de paz que deve nortear todas as ações de um governo, inclusive quando se fala em repressão.

Itajaí, 08 de fevereiro de 2010.

Felipe Antônio Damo
Presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores

Davi Coelho
Presidente Eleito do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores

Níkolas Reis
Vereador – PT


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 949 outros seguidores