Enchente no Vale do Itajaí – a tragédia se repete

[tweetmeme source=”romulomafra” only_single=false](escrevendo de Buenos Aires) há quatro dias, escrevi aqui no blog que a previsão das chuvas a partir daquela data, terça-feira, era perigosa e que 2008 poderia se repetir.
ontem, quando acordamos no ônibus, chegando em Buenos Aires com o Coro Carpe Diem, as notícias eram as mais “inesperadas” e, infelizmente, para mim, as que já espera, apesar, é claro, de torcer para estar errado.
não estava, e já falavam em 14 metros no rio Itajaí-Açu em Blumenau, o que significaria enchente e das grandes em Itajaí, onde a cota histórica é de 12 metros lá, para encher na maior cidade da foz do Itajaí.
daí por diante todos os coralistas e até os motoristas do ônibus, passaram a tentar contatos com seus familiares a amigos na cidade, porém, só conseguimos chegar efetivamente no hotel às 13h, horário marcado para a nossa entrada. daí por diante, logo conseguíamos informações e elas, aí sim, já eram as esperadas pelo pouco que sabíamos:

2008 estava se repetindo.

e, para nossa tristeza, estávamos muito, muito longe para ajudar. mas, pelo menos, para um certo alívio, não estávamos atrapalhando aí em Itajaí, o que não adianta muito para quem tem seus familiares sofrendo com essa nova enchente.

Água chegando no bairro Vila Operária, próximo à prefeitura

agora, 10 de setembro, sábado, pela manhã, as notícias são ainda piores. a enchente está tomando mesmo a proporção de 2008, já com quase 80% da cidade alagada. o rio Itajaí, no Mirim e no Açu está diminuindo desde ontem, mas, estas águas ainda estão chegando e a cidade de Itajaí continua tendo novos pontos de alagamento. na casa da minha mãe, onde, por exemplo, chegou a 2,20m em 2008, deve estar mais ou menos na mesma altura, se é que não passou.
temos uma tragédia que se repete. agora não é hora de falar sobre isso, mas, mesmo com os avisos, com os “quase”, pouco se fez para evitar. e, pelo “histórico”, nada será feito. ou não?

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Uma resposta to “Enchente no Vale do Itajaí – a tragédia se repete”

  1. Hélio Jorge Cordeiro Says:

    Morte anunciada, meu caro Mafra.

    Fica aqui uma pergunta: como pode uma cidade com um dos maiores e mais importantes porto da país ficar a mercê das imteperies todos os anos? O que pensam os governos municipal, estadual e federal? Será que não existem soluções a partir de experiências de outros lugares onde existem cidades localizadas nas fozes dos rios? Será que existem interesses trabalhando para que nada seja feito? Parece que é o povo o único que quer que algo seja feito e agora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: