Alguém vai perguntar pro prefeito se ele vai ajudar o funcionário público?

[tweetmeme source=”romulomafra” only_single=false]pois, até agora, só saiu uma notinha na coluna do JC dizendo que o presidente do PDT, Marcelo Sodré, teria sugerido ao prefeito Jandir Bellini que, com as verbas que virão, ajudasse o funcionário público municipal que foi atingido com um 14° salário neste ano.

alguém (da imprensa, de preferência, é claro) vai perguntar? ou vão deixar por isso mesmo? talvez, se perguntado, Jandir dê. ou, pelo menos, diga que não vai dar e acabe com as esperanças que alguns estão tendo.

Anúncios

Tags: , , ,

8 Respostas to “Alguém vai perguntar pro prefeito se ele vai ajudar o funcionário público?”

  1. CriCri Says:

    Se ajuda os funcionários vão dizer “ah mais é dinheiro público, é pra todos” senão ajudar vão dizer “ah, mas que prefeito que não ajuda nem mesmo seus funcionários” Oposição é importante para a democracia, mas oposição oportunista e que se utiliza de situações para aparecer realmente não faz seu tipo Rômulo! Um exemplo é seu amigo Guido que me coloca em seu blog a seguinte notícia.

    “CODETRAN ENTREGANDO SACOLÃO

    Ontem a tarde estava no bairro cordeiros e me deparei com o pessoal da Codetran entregando sacolão, ora não disseram que era a defesa civil que ia entregar? essa Codetran se passa em tudo, também é comandada por um tranca-rua!”

    Ainda bem que estavam também ajudando os necessitados Algumas pessoas que não é o seu caso Rômulo, acham que por terem um blog, são Jornalistas e escrevem um monte de bobagens como esta! Detalhe, o Senhor Guido estava no local, será que ofereceu ajuda ou ofereceu só a língua? É lamentável!

    • Rômulo Mafra Says:

      Bem, quem falou isso foi exatamente alguém da SITUAÇÃO, o presidente do PDT, Marcelo Sodré. Então, não é factóide da oposição, e sim sugestão da situação. O que acho que tem de ser feito é: diga que sim, ou diga que não. Pronto, como já disse, em 2009 Jandir não deu um real, pelo contrário, ainda tirou de muitos funcionários as 60 horas extras recebidas, no meu caso, por exemplo, cerca de 300 reais a menos a partir de janeiro de 2009, dois meses após a enchente. Legal, né? 😉

  2. Ane Says:

    PQP!! (só isso q posso escrever/dizer)

  3. CriCri Says:

    Rômulo, não questionei quem falou ou quem deu a ideia! Apenas comentei que pessoas da oposição se aproveitam de orelhudos que não sabem nem o que falam e que até hoje ninguém sabe o que fazem em uma prefeitura ou em um governo como o Senhor Marcelo Sodré. Algumas pessoas falam verdadeiros absurdos e criam casos por qualquer coisa! Sobre as horas extras de fato foi em um péssimo momento, mas foi você, eu e mais milhares de pessoas que passaram mais de 5 anos recebendo e que perderam de uma hora para a outra! Isso prova que partido A ou B só se preocupam de fato com os votos e não com a vida de ninguém!
    Meu questionamento é:
    Se for dado o 14º Salário para funcionários públicos municipais, a população acharia correto ou não? Pode até virar uma enquete e vamos descobrir o que a população pensa sobre o assunto!

    • Rômulo Mafra Says:

      Sim, claro que a oposição aproveita destes fatos. Mas, nesse caso, como parte atingida, vamos dizer, quero simplesmente saber se vamos ou não ter direito a esse 14° salário. Creio que a população, devidamente explicada de onde estará vindo esse dinheiro, entenderá. Creio que poucos serão contra uma ajuda, se ela for dada CORRETAMENTE. Mas, sim, também concordo que seria interessante saber o que a população pensa. Vou lançar uma enquete aqui, então. Abraços e obrigado pelos comentários.
      Ah, sobre a Codetran estar entregando sacolões, não creio que isso seja função deles. A prefeitura tem carros, motoristas, e assistentes sociais, que são quem devem fazer este trabalho. Se não têm, deveriam ter. Só não fazem concurso público porque não querem. A Codetran tem suas atribuições, e estar distribuindo sacolão, agora, não é uma delas.

  4. Rômulo Mafra Says:

    Ah, um dos argumentos passíveis de ser usado para a população, é que o funcionário público não tem direito ao FGTS.

  5. Harley Says:

    Menino, essa proposta é inviável… a Prefeitura não pode favorecer somente os seus servidores, afinal ela trabalha para benefício de todos os itajaienses, não esqueça vocês trabalham para o povo, não é povo que trabalha pra vcs… e o PDT ainda é oposição… e quanto as horas-extras, elas só devem ser pagas se realmente forem cumpridas… tem que trabalhar para receber… não pode ser dado como uma “abono” para engordar o salário… isso seria até ilegal…

    • Rômulo Mafra Says:

      Tens certeza absoluta? Baseado em que lei? Me provando que a prefeitura não pode ajudar seus funcionários numa calamidade, fico quieto. O que, imagino, só basta é da autorização da Câmara de Vereadores para tanto, baseado na calamidade, comprovando que só receberão os que moram em áreas atingidas etc. etc. Quanto às 60 horas-extras, eram dadas aos funcionários que recebiam um salário baixo, já que Jandir, em 8 anos, não teve coragem de fazer o Plano de Cargos e Salários (mesmo prometendo na sua reeleição), deu esse “abono” pros funcionários (pelo que dizem durou 5 anos). Se era ilegal ou não, tava sendo dado e ninguém nunca reclamou. Agora, sacanagem é tirar no mês seguinte da enchente. Poderia ter esperado, pois, se fosse ilegal, teriam metido um processo no Volnei, não é mesmo? 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: