A Marejada acabou [2]

[tweetmeme source=”romulomafra” only_single=false]é ou não é a foto perfeita da Marejada????

O retrato perfeito da Marejada 2011.

um prefeito pilotando a ‘siritopéia’, sem ninguém pra aplaudi-lo, achando que está abafando, e, ao fundo, o Mercado Público, fechado horas atrás pela Justiça pois a prefeitura não se coçou para fazer a reforma, tendo de esperar a Justiça interditar o PONTO TURÍSTICO para que se tomasse alguma providência.

aliás, dá quase pra fazer um jogo dos sete erros na foto. na verdade, estou vendo uns 3 ou 4. vamos indicar os erros?

a foto foi tirada do Facebook do Magru Floriano (imagino que seja dele).

Anúncios

15 Respostas to “A Marejada acabou [2]”

  1. JULIANO Says:

    hahahahaha … da interdição eu nem falo nada, pois na minha sincera e modesta opinião isso deveria ter sido fechado pra ajuste já fazem uns 5 anos (última vez que estive lá dentro)…

    agora a siritopeia é de chorar visse

  2. claudia Says:

    VCS RECLAMAM DE TUDO…SE O MERCADO ESTÁ INTERDITADO É PARA MELHOR,SE CAIR EM CIMA DO POVO RECLAMAM….AHHHHHHHHHHH VÃO TRABALHAR

  3. Milhouse Says:

    Aquele por último é o Marcelo Sodré pedalando a “Siritopéia?” kkk!!! Um abraço!

  4. ELMO CHARLES Says:

    a marejada acabou ? quando ?eu não sabia que tinha começado ,é uma piada fala dessa que um dia ja foi uma festa de verdade para o povo de itajai agora é so mais uma festa de interese politico. mercado velho fechado ? pode ver que alguem bateu de frente com algum bambambam da prefeitura passou o inverno todo e so agora vieran com esse papo de interditar e cade esse prefeito que p$**a nenhuma faz ? e aproveitando vai um recado pro prefeito jandir porque a prefeitura nao acaba logo com essa tal marejada assim as festas dos municipios proximos vão ter mais lucros por que o povo daqui vai pra as cidades mais festeiras .mas politica é foda vejam a havan uma baita de uma loja no bairro fazenda que nao pode terminar a estatua da liberdade por ser poluiçao visual ,kkkkkkk e a porra do predio que ali estava por varios anos acumulando viciados ????? libera a estatua seu prefeito

    • Rômulo Mafra Says:

      Sobre a ridícula estátua da Liberdade, não terminaram porque não deu tempo. Só por causa disso. A prefeito não tem nada a ver com isso. 😉

    • JULIANO Says:

      a estátua é phoda … é polemica
      se fosse na beira de BR tranquilo, mas dentro da cidade sei lá … não sou radical contra a estátua, mas … chapecó, por exemplo a Havan é no centro e não tem a estátua … BC que é uma mega poluição não tem tbm … porém em nenhuma dessas duas cidades havia espaço pra fazer

      rapaze, vamos rezar pra loja se sucesso e dar emprego pra nossa gente … pq depender dos governantes nós tamu é bem ferrado

      abraços…

  5. Zilma Paiva Veiga Says:

    Desde que a política local se envolveu nas festas de expressão da cidade que a qualidade das mesmas DESPENCOU e agora,a Marejada fica com sua reputação seriamente comprometida dada esta gestão de m….que só dá pitaco,come as verbas e ainda quer pintar de celebridade!O carnaval de rua de Itajaí já foi um dos melhores da região,mas ninguém nem lembra disso.No tempo do Amilcar,houve um apoio REAL e irrestrito,depois veio o demagogo do Arnaldo Schimit que pôs fim ao que era muito bem estruturado,tirou as verbas,qualquer apoio comercial e ainda exigiu que desfilássemos somente com nossos recursos.Foi feito para que o povo não fosse prejudicado.Na noite do desfile,veio se posicionar na frente da “minha” bateria que até hoje é uma das melhores,para desfrutar dos “louros” da festa,Comigo não violão!Delicamente o senhor prefeito foi removido de seu intento POR MIM MESMA!Detesto política misturada a eventos quando sua única intenção é angariar votos!Agora me vem o Jandir plagiador que além de desestrutar a festa que antigamente era realmente PORTUGUESA E DO PESCADO(este último título somente para justificar a pobreza dos ítens portugueses),”inventa” uma sequência de triciclos com “garras” e desfila com chapeuzinhos de tirolês…espera aí:conheço este veículo e ornamento de alguma outra festa!Quanto à estátua da Havan…é certo que a mesma é símbolo americano e que não temos de engulir esta porcaria imensa nos nossos jardins!E as outras cidades em que ela não precisou ser levantada?Por que a palhaçada e incultura em nossa cidade?Já não basta as besteiras da prefeitura?????

    • JULIANO Says:

      boa …

      Aliás, o Amilcar teve seus erros, provavelmente, mas de acordo com muitos de uma geração anterior a minha (meus pais) o cara foi um puta prefeito … virou articulador político, mas só ensinou a ganhar eleição e não ensinou a administrar…

  6. Milhouse Says:

    Como diria o Arnaldo Schmitt em fogo de campanha em punho cerrado e esticando o gogó no palanque: “O QUE FIZERAM COM A MINHA ITAJAAÍÍÍÍÍÍ!!!!!”

  7. Jean Sestrem Says:

    Pra mim, nossa cidade vive a maior das crises de identidade, pois a falta de compromisso com a cultura perdurou por muitos anos, e queiram ou não acreditar, esse é o resultado real dessa falta de compromisso.

    Não duvido que uma criança na escola pública da cidade daqui a pouco não saiba nem o nome da própria cidade em que vive. É triste, uns dizem que somos uma cidade portuária onde o mundo inteiro aporta, por isso a diversidade. Não aceito isso como desculpa.

    O fenômeno talvez seja simples de explicar. A ausência de educação e resgate a cultura, somada a valores e conceitos relativos a nossa pequena pátria esta ausente da sala de aula, das famílias e do debate social.

    Boa parte da imprensa não põe a cidade em destaque a muito tempo, pelo contrário, circula atrás de celebridades políticas que mais possam oportunizar. Nossos meios de comunicação não dão espaço pra cultura e pra educação local, só se fala em eleição, em coligação, em partidos, e alianças, e tudo mais que da dinheiro e abre portas para trafegar a influência esfomeada.

    Estamos pagando por nosso legado, uns sem merecer, outros merecidamente. Nasci e me criei aqui, o que ganho em outras cidades trabalhando gasto aqui, e tem gente, contaminada por essa doença transmitida por muitos que aqui moram, que dizem que porque trabalho fora não posso falar, vejam só como pensam os que aqui moram, ou boa parte deles. Quem pode falar então? Os portugueses que lotam a marejada? Os açorianos que encontramos em todas as praças, escolas, espetáculos de dança nas ruas, nos teatros? Nos bares da cidade cantando fados e servindo bacalhau? Hummmm

    Credito muito de nossas falhas a história que deixamos que construíssem, não demos manutenção a nossa cultura, a nossos valores, demos a mínima para o nosso patrimônio histórico e intelectual. Desculpem aos que como eu nasceram aqui, ou mesmo escolheram essa linda terra pra chamar de sua, mas nos afastamos de nossas origens.

    Fomos indiferentes a queda dos casarões, das figueiras, do fechamento do mercado, da irresponsabilidade com a casa da cultura, com a praia brava, com a atalaia, geremias cantada em verso e prosa pelo cantor Carlos Cória, com os pescadores do caminho de cabeçudas, com as capivaras do saco da fazenda, com nossos rios e ribeirões etc… Os que destruíram isso tudo alugaram o silêncio, nos fizeram indiferentes porque não ecoaram a indignação vital para o orgulho próprio, a moral e a ética não tem pauta nos que opinam, e hoje, estamos usando a cidade como um dormitório apenas, onde as pessoas não se preocupam nem com a limpeza, infelizmente.

    Não sou dono da verdade, mas é o que vejo olhando pra qualquer lado em nossa querida e amada Itajaí com o sentimento de quem cuida do que é seu por amor.

  8. Juliano Says:

    culpa nossa … se cada um assumisse o que nossos pais começaram quem sabe nossa cultura estaria forte

    se cada um da minha geração de 77 pegasse o lugar de seus junto à sua igreja, por exemplo, teríamos ainda nossas festas de igreja … festa boa, com pinhão, quentão, churrasco, bolo, café … barraca de pescaria …

    minha mãe ainda é catequista na Vila e eu?? Assumo, não participo de nada … infelizmente nossa geração ta sem tempo … e nossos filho não ter berço …

  9. Juliano Says:

    culpa nossa … se cada um assumisse o que nossos pais começaram quem sabe nossa cultura estaria forte

    se cada um da minha geração de 77 pegasse o lugar de seus junto à sua igreja, por exemplo, teríamos ainda nossas festas de igreja … festa boa, com pinhão, quentão, churrasco, bolo, café … barraca de pescaria …

    minha mãe ainda é catequista na Vila e eu?? Assumo, não participo de nada … infelizmente nossa geração ta sem tempo … e nossos filhos não ter berço …

  10. Patrick Schneider Says:

    A Marejada acabou. Faz tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: