Mais uma obra parada depois das eleições (Videolog 02)

pra quem não lembra, o atual prefeito reeleito, na sua propaganda… ops. ninguém mais lembra, né, já que o prefeito apagou todos os seus programas eleitorais do YouTube no mesmo dia em que soltei aqui no blogue que uma das promessas de campanha dele tinha ido, LITERALMENTE, por água abaixo.
uma pena, né? você, eleitor, não tem nem o direito de ver o programa eleitoral que estava todinho na internet. mas, vai ver, essa é a forma de democracia entendida pela nossa santificada direitona itajaiense.
e eles não tão nem aí, já que ninguém (exceto eu e alguns na internet) vai dar a mínima importância pra isso mesmo. até o JC no Diarinho deu uma desculpa esfarrapada, que até agora não colou (e outros meios de comunicação fizeram a típica cara de paisagem).

agora, volto a mostrar mais uma das promessas de campanha do santificado prefeito, que está quaaaase parando, ao contrário do que era mostrado durante a propaganda eleitoral. na verdade, a obra (o futuro Centro Integrado de Saúde) estava devagar até mesmo no começo da propaganda eleitoral, mas, foi mostrado  na propaganda do candidato Níkolas Reis (PT) que até mesmo um cavalo pastava na obra para tudo mudar, e até aparecer como uma “obra a todo vapor” na propaganda de Jandir.
bem, passado as eleições, reeleito, tudo volta ao normal. ou seja, tudo devagar, quase parando. dá até pra comparar esta imagem da foto com o que foi feito até agora. mas, as poucas pessoas trabalhando no local já denunciam a verdade: passada as eleições, a obra está sendo tocada com a barriga.

abaixo (ou clique aqui), o segundo vídeolog:

Anúncios

5 Respostas to “Mais uma obra parada depois das eleições (Videolog 02)”

  1. Adriano Silva Says:

    Obrigado por confortar a população e mostrar que as obras não estão paradas. Com seis, sete ou oito trabalhadores (da próxima vez conte melhor se pretende fazer uma “denúncia”), você mesmo mostra que o trabalho não está parado. E quando quiser “denunciar”, apresente qual é o cronograma previsto da obra, prazos de entrega, e se assim realmente há atraso e se há justificativa para tal.

    • Rômulo Mafra Says:

      Que fossem 10 trabalhadores. Não justificaria a “obra a todo vapor” propagandeado pelo prefeito reeleito durante a campanha eleitoral. Mas, provavelmente, vais discordar. Estou mostrando o que penso. Mostrem diferente. Provem que isso é o “a todo vapor” de uma obra, oras. Isso é a democracia 2.0. Eu posso vir aqui e mostrar o meu ponto de vista, e tu podes vir e confrontá-lo com o que pensas ser certo.

  2. Gerd Klotz Says:

    Rômulo,
    a expressão “a todo vapor”, por si só já denuncia o ritmo da obra.
    Ela faz alusão as velhas máquinas movidas a vapor, como por exemplo, os trens conhecidos como “Marias fumaças”, que tinham velocidade muito limitada e eram movidos a carvão e lenha.
    É neste ritmo antigo,lerdo e retrógrado, que se move a gestão Jandir Bellini…

  3. Fernando Says:

    Em qualquer edifício residencial em construção em Itajaí, tem no mínimo 50 funcionários. Numa obra desse vulto, nem 10 funcionários? Isso explica a expressão a “todo vapor”. Isso é obra pra ser concluída provavelmente próximo das próximas eleições, no entanto é promessa de campanha de 2008, ou seja, 4 anos atrás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: