Um dia histórico pra humanidade!!!

é só assim que posso classificar o dia 15 de fevereiro de 2012! e, tenho certeza, todos os astrônomos concordam comigo, pois é um dia pra entrar pra História! claro que somente pelo fato de dois eventos raríssimos (a passagem de um asteróide e a explosão de um grande meteoro na Rússia) acontecerem no mesmo dia, já bastaria, mas o fato destes eventos acontecerem e terem sido acompanhados por milhares de pessoas também os incluem no rol dos momentos históricos da humanidade.

meteoro russia 2013sobre a explosão do meteoro (estão já falando em asteroide ou cometa, pelo tamanho do objeto espacial), a coincidência do fato é que ele aconteceu também na Rússia, como o último grande evento do tipo, em Tunguska (na Sibéria), em 1908, onde um objeto espacial também caiu ou explodiu devastando uma área gigantesca e chegando a matar algumas pessoas de alguns vilarejos da área, mas, como a distância e a época eram remotas, pouco ainda se sabe sobre o Evento Tunguska. comparando com o evento de sexta, a força deste que vimos em vários vídeos postados na internet, é muito menor, e a explosão em Tunguska foi muito mais baixa!
em Tunguska, estudiosos estimam a explosão em 10-15 megatons entre 5 e 10 quilômetros, enquanto o de Cheliabinski foi entre 30 e 50 quilômetros com uma explosão de cerca de 100 quilotons. mas, é claro, estes dados ainda estão sendo analisados e, provavelmente, nos próximos dias, teremos resultados mais precisos.

o outro fato histórico do dia, foi a passagem mais próxima de um grande asteroide (2012 DA14) da Terra, quer dizer, não a passagem, mas, pela primeira vez, observamos um grande asteroide passando tão perto da Terra (mais perto de que satélites geoestacionários, que são um dos mais longínquos satélites na nossa órbita), o que é um grande fato para a humanidade! estes eventos, como já disse, podem ou não ser raros, mas a observação deles é que são raríssimas. a estimativa pra que grandes meteoros como este de Cheliabinski cheguem a explodir ou bater na Terra é mais ou menos de um a cada cem anos, o que este desta sexta comprovaria, visto que completa-se em 2013, 105 anos do Evento de Tunguska, porém, inclusive há um outro evento, de magnitude talvez menor, e que teria acontecido no Brasil em 1930, conhecido como Evento do Curuçá.

enfim, o que a comunidade científica (principalmente a astronômica) espera dos nossos governantes é que comece a pensar seriamente num sistema de detecção de objetos menores (pra objetos maiores, já existem), pois eles sempre nos ameaçaram e, até agora tivemos muita sorte de que nada grave aconteceu, e, sabemos, as possibilidades de algo nocivo ao ser humano estão por aí, e só saberemos delas quando não for mais possível fazer nada.

abaixo, um dos vídeos mais impressionantes, mostrando o boom sônico (onda sonora) provocada pela explosão e/ou pela velocidade supersônica do objeto (cerca de 53.000 km/h, ou seja, 15 quilômetros por segundo!!):

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=b7mLUIDGqmw

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: