Diretor (que não era diretor — ou era?) da Vigilância Epidemiológica de Itajaí é afastado

improba dalvaMP também pediu a condenação da vice-prefeita Dalva

pois é. e sabem o que a prefeitura de Itajaí disse? disse que, na verdade, apesar do cara (Carlos Manuel Correa da Silva) que foi afastado RESPONDER como diretor da vigilância epidemiológica da cidade, ELE NÃO É DE VERDADE. quem é mesmo é o Leopoldo Dagnoni, comissionado do governo Bellini!!! sim, ele é comissionado ali como, vejam só, diretor da vigilância epidemiológica de Itajaí! mas, na verdade, como provavelmente não tem competência para o cargo, botaram este daí (que seria efetivo), e que agora foi afastado — aliás, já tinha citado esta mesma vigilância epidemiológica aqui no blogue –, já que tem mais dois cargos efetivos em outras duas prefeituras de região!!!!

pagina-indisponivel-da-prefeitura-itajaiPORÉM, na própria página da prefeitura, numa busca simples pelo nome do acusado pelo MP (aliás, as buscas que devolvem com o nome do tal diretor na página da prefeitura estão indisponíveis, só pelo cache do Google é que dá pra acessar. será que já apagaram?????), o mesmo está como diretor, sim, senhor!
numa notícia (conforme imagem ao lado) de 14/09/2011 15:59:37: “08h – 8h15: Abertura com Secretário de Saúde Dr. Sérgio Liberato e Diretor de Vigilância Epidemiológica Dr. Carlos Manuel Corrêa da Silva;”

ops, será que ele era diretor e a própria prefeitura não sabia??????????????????? hein Jandir? hein Dalva?

MP pede a condenação da vice-prefeita Dalva Rhenius também!
pois é, além do cara estar sendo acusado de ter acumulado três cargos e uma função (isso sem contar que ele aparece como médico do Ogmo!!) e ter supostamente causado um rombo de quase UM MILHÃO na prefeitura de Itajaí, segundo o MPa ACP, requer-se, ao final do julgamento, a condenação do servidor e da Secretária de Saúde de Itajaí,Dalva Maria Rhenius, atualmente vice-prefeita de Itajaí, pela prática de atos de improbidade administrativa. Na época dos fatos, ela foi a responsável por conceder, ilegalmente, gratificação nula de serviços de relevância ao requerido e por atribuir, a ele, a função de Diretor de Vigilância Epidemiológica, quando este não poderia assumi-la por expressa vedação constitucional.

é, mas, vamos aguardar o desfecho de mais essa denúncia (não lembra dessa outra? clica aí pra relembrar) séria contra a nossa vice-prefeita, né?

Anúncios

3 Respostas to “Diretor (que não era diretor — ou era?) da Vigilância Epidemiológica de Itajaí é afastado”

  1. dalva maria pereira Says:

    sem contar que o mesmo faz hrs extras no PA do São Vicente.
    E sera que ele vai devolver o valor recebido indevidamente ou fica por isso mesmo. Enquanto isso fico sem receber minha insalubridade que é garantida por Lei enquanto isso a vida segue.

  2. carlos Says:

    tem é mais que punir esses amarelos

  3. julian Says:

    Esqueceram de dizer que ele ainda é médico la no presídio da canhanduba, isso só pode ser um super homem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: