Os banheiros milionários e as promessas não cumpridas

minha coluna do jornal Sem Censura da semana passada:

banheiros milionarios jandir itajaiParece que as promessas do nosso santo prefeito não se concluem, não é? Vejam que já vai embora o ano e o Transporte Coletivo Integrado que era prometido para o aniversário de Itajaí, em junho, parece ainda longe de virar verdade (projeto começado no governo petista lá do final da década passada!!!), outra foi a de que a Marina estaria pronta já pra regata que findou neste final de semana (ou não findou? Sinceramente, tô meio perdido, dizem que terminou a festa, mas a regata continua… coisa meio estranha, não?), mas, também, parece que o estacionamento pros barcos dos ricaços da região ainda está meio longe. E outra das promessas, que é o assunto principal deste artigo no Sem Censura, são os tais “banheiros milionários do Jandir”. Quer dizer, milionários também não, né? Isso de chamar de banheiros milionários é coisa do povão. Quer dizer, sei lá, também, pois, quando TRÊS sanitários públicos custam a bagatela de 472 mil reais, bem, é de se pensar mesmo se a palavra correta não seria “banheiros milionários”. E estes banheiros eram para impressionar os estrangeiros que estariam aqui para a regata, pelo que diziam. Porém, como quase tudo nesta gestão, atrasou. E também, pelo jeito, vai longe ainda. Isso que é uma obra pequena. Quer dizer (sim, sim, estou repetitivo hoje), pequena no tamanho. E até no alcance, isso, comparando com os valores gastos. Perto de 500 mil pra se construir três sanitários públicos! Em terreno público! Sim, isso é só o valor da construção, que está sendo feita pela famosa Policons, que tem um monte de contratos com a prefeitura de Itajaí.
Pelo que dizem por aqui, com esse valor, quase 500 mil reais, uma pessoa compra um bom terreno perto do Centro e ainda constrói uma baita casa. Para se ter uma ideia, aquelas casas bonitinhas pré-fabricadas de madeira que vemos por aí, dois andares e tal, dizem que custa cerca de 100 mil reais! Porém, os banheiros do Jandir vão custar quase QUINHENTOS MIL REAIS!!! É para usar três exclamações, ou não é?
Sinceramente, não vejo como não se espantar com estes valores astronômicos para uma obra de tão pequena envergadura. Não vejo como a sociedade itajaiense, ou, pelo menos, aqueles que saíram às ruas lá em junho/julho, não se espantam com estes valores e não se manifestam contra – ah sim, esqueci que a esmagadora maioria que foi para as ruas naqueles dias, só foi porque era “cool”, ou seja, dava “status”, era “postável no Facebook”, ou, ainda, bem, a Globo dizia que era legal “ir pras ruas”, mesmo que se não se soubesse pelo quê (bem, eles saberão exatamente como usar este acontecimento em breve).

P.S.: E isso que não vou nem falar da Via Expressa, também, como a obra de integração do transporte público municipal, começada no governo do PT, lá em 2008, e que a atual gestão teve a pachorra de prometer durante umas duas ou três campanhas políticas (inclusive, nas vitoriosas), mas, que também ainda não terminou. E nem parece que vai terminar nestas duas gestões de Jandir. Decerto vai prometer para o seu sucessor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: