Ainda analisando as eleições em Itajaí

(da minha coluna no Sem Censura desta semana)

E teve gente que diz que o Gern foi um dos "vencedores" desta eleição ahahahahah

E teve gente que diz que o Gern foi um dos “vencedores” desta eleição ahahahahah

Na coluna passada falei sobre a derrota do único deputado estadual que tínhamos aqui de Itajaí, Volnei Morastoni (PT), e que não conseguiu se reeleger, dando conta que seria motivado pela ação do governo Jandir Bellini, que vinha tentando desde a última eleição retirar o petista da jogada, dificultando, assim, a sucessão ao cargo de prefeito daqui dois anos. Porém, no fim das contas, o governo também contou com uma forte cisão dentro do próprio PT, que foi pública e notória no ano passado, com a saída do PT do último candidato a prefeito, Níkolas Reis, agora no PROS. Níkolas conseguiu pouco mais de dez mil votos na cidade como candidato a deputado estadual, e Volnei perdeu da última eleição de 2010 pro mesmo cargo, 6.427 votos; ou seja, mais ou menos os votos que Níkolas ganhou, foram os votos que Volnei perdeu.

Aliás, essa balela solta por um conhecido cientista político (que também era, há até pouco tempo atrás, “assessor” de um famoso abobrão e vereador) de Itajaí de que o candidato do governo pra estadual, Osvaldo Gern (PP) seria um dos vencedores desta eleição, é só balela mesmo, pois Gern conseguiu fazer algumas dezenas de votos A MENOS que a então candidata do governo, a mana do prefeito Susi Bellini em 2010! Susi fez 15.597 e Osvaldo Gern, 15.514, o que demonstraria, talvez, um teto na transferência de votos dos governistas (rachados, é claro). Na verdade, mesmo, estes 15 mil votos de teto, são os votos que o próprio Jandir transfere pros seus, pelo jeito, e mesmo com a força de ser o presidente da Câmara de Vereadores, com muito dinheiro na campanha, pelo que se viu, os governistas amarelos não conseguem ultrapassar os 15 mil votos; enquanto isso, Níkolas Reis, sem cargo algum, fora de seu partido de origem, com pouca estrutura, este sim, pode ser considerado o grande vitorioso desta eleição em Itajaí com seus 10 mil votos. Lembrando que na eleição de 2010 também tivemos três candidatos com votos acima da casa dos dez mil: Volnei, Susi e Deodato (que fez 12 mil, então). Claro que não dá pra esquecer a boa votação do vereador Osvaldo Mafra pra deputado federal, porém, sem estrutura para compensar o resto do estado, dificilmente alguém se elege deputado federal.

No mais, agora é esperar pelo dia 26 e o segundo turno presidencial, que já começa pegando fogo, com a onda de denuncismo apoiado pela mídia contra a reeleição de Dilma Rousseff (PT). Alguém surpreso com estas denúncias que sempre aparecem neste momento da eleição?

Prazer em Recebê-lo 
E no programa “Prazer em Recebê-lo”, da rádio Conceição FM 105,9, comandado pelo Célio Furtado e Giordano Zaguini, teremos a presença, nesta semana (sempre às quintas), do advogado e professor da Univali, Luiz Fernando Molleri. O “Prazer em Recebê-lo” vai ao ar das 15h15 até às 17h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: