Terceirizados da prefeitura de Itajaí trabalhando sob o sol do meio-dia

Terceirizados trabalhando ao meio-dia de um dia quente em Itajaí? “Normal…”

trabalhar solE uns dias atrás recebi uma mensagem de uma amiga, citando o fato de trabalhadores da prefeitura estarem em pleno meio-dia da quarta-feira passada (onde a temperatura passou fácil dos 30º) trabalhando na limpeza das ruas. Um pouco mais tarde, após ter almoçado, indo em direção ao trabalho, vi que os trabalhadores continuavam sob o forte sol daquela quarta-feira. Percebi que muitos deles aparentavam serem haitianos também. Mas já tinha comentado com a minha amiga que aqueles trabalhadores não deviam ser da prefeitura, e sim, os conhecidos “terceirizados”, ou seja, a prefeitura (entre outros órgãos estatais, bem como até mesmo o setor privado) contrata uma empresa X, por um valor Y, e esta empresa emprega estes trabalhadores colocando-os para fazer o serviço que antes era feito por funcionários públicos (lembrando que o funcionalismo público geralmente têm mais garantias profissionais, por ser uma categoria reconhecidamente mais forte), só que estes trabalhadores em sua maioria recebem muito menos do que recebia um funcionário público na mesma função, isso sem contar as garantias trabalhistas que os efetivos (como chamamos os funcionários públicos) possuem.

Mas, neste nosso mundo cada vez mais Capitalista (apesar de vermos também várias e excelentes ações socialistas, mas, por pura pressão de grupos de Esquerda, que tentam diminuir a ação predatória do Capital contra o ser humano trabalhador), isto é visto com “bons olhos” pela sociedade – lembram da minha última coluna, quando falei da “manipulação da mídia” e tal, pois é, este “visto com bons olhos pela sociedade” entra também no rol da manipulação midiática. Ah sim, acho até que já vi uma ou outra matéria criticando uma ou outra terceirização, ou explicitando seus problemas como estou fazendo aqui, mas, foi mesmo uma ou outra, perdida no mar de “olhem como é bom enxugar a máquina estatal”, ou “vejam como a megaempresa Z conseguiu reduzir seus custos na folha de pagamento” ou coisas do tipo. E, claro, aplaudimos estas ações como bons manipulados que somos, pois, no imaginário popular, já está impresso que “funcionário público é tudo folgado, malandro”, ou, pasmem, conseguimos acreditar que funcionários públicos têm direitos demais!!!! Sério! E isto, dito por outros trabalhadores, por pessoas que mal estão ou chegaram na classe média brasileira, mas, esta sempre foi a ferramenta (trabalhador contra trabalhador) com que a elite conseguiu impedir que se houvesse realmente uma revolução ou, pelo menos, vendeu às custas de muitas mortes e sangue, as vitórias que as Esquerdas conseguiram através de sindicatos, políticos e agentes civis que ajudaram nesta luta que nunca tem fim para que tenhamos cada vez mais direitos e para que os trabalhadores sejam cada vez menos explorados. E a Terceirização é uma destas que nos empurraram goela abaixo, e está exatamente servindo ao patronato, aos jornalistas que servem a este patronato e aos políticos que querem facilitar sua vida, pois, sabem que conseguirão diminuir seus “problemas” e ganharem visibilidade perante a mídia e seus marionetes (nós).

da minha coluna do jornal Sem Censura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: