Livros lidos em 2014

henry-miller-sexus-fraseentão, fechando o ano de 2014, minha média de livros lidos neste ano caiu de 23 para 19 (estou lendo ainda dois — e um não consegui finalizar), porém, consegui, até com certa facilidade, fechar a meta deste ano, que era ler a saga da Fundação, de Isaac Asimov, que é composta por sete livros! E ainda tive sorte que a editora Aleph lançou neste ano toda a série, com nova tradução, inclusive, dentro das mudanças que o próprio Asimov tinha feito na série, após juntar praticamente todos os seus livros para que se passassem num mesmo universo (entram aí também a série dos Robôs, que pretendo começar em breve).

porém, a minha meta para 2015, que já vou começar nos próximos dias, é tentar ler todos os livros — em português — de um dos meus autores estrangeiros preferidos, Henry Miller (que faria aniversário neste 26 de dezembro). acho que o último que li do escritor estadunidense foi em 2011!

então, vamos à lista dos livros lidos neste ano de 2014!

1) Onde o Diabo perdeu as Botas (Hélio Jorge Cordeiro)
2) Tesouros do Nirvana (Gillian G. Gaar)
3) Prelúdio à Fundação (Isaac Asimov)
4) Incal (Jodorowski e Moebius)
5) Che – os últimos dias (Hector Oesterheld com arte de Alberto Breccia)
6) Crônicas da Fundação / ou Origens da Fundação) (Isaac Asimov)
7) Torneio Luíza Mello (Fernando Alécio)
8) As Grandes Invenções da Humanidade (Michel Rival)
9) Rolling Stone – Bob Dylan: Edição Especial de Colecionador
10) Fundação e Império – (Isaac Asimov)
11) Sandman Definitivo 4 – (Neil Gaiman)
12) Segunda Fundação – (Isaac Asimov)
13) Surpreendentes X-Men – Superdotados – (Joss Whedon)
14) Limites da Fundação – (Isaac Asimov)
15) Fundação e Terra – (Isaac Asimov)
16) A Orgia Perpétua – (Mario Vargas Llosa)
17) O Jardim do Éden – (Ernest Hemingway)
18) Garota Exemplar – (Gillian Flynn)
19) A Mão Esquerda da Escuridão – (Ursula K. Le Guin)

lendo
20) Che 20 anos depois – vários autores brasileiros
21) Sociedades Secretas – Vol. II – Sociedades secretas iniciáticas e criminosas (Jean-François Signier e Renaud Thomazo
22) Para Além do Capital – (István Mézsáros) lido parcialmente

trecho de um dos livros que já li do Henry Miller, “O Pesadelo Refrigerado“:

(…) Vastas áreas de solo valioso são transformadas em deserto por negligência, indiferença, ganância e vandalismo. Di­lacerada há oitenta anos pela guerra civil mais sangrenta da história do homem, até hoje é incapaz de convencer o lado derrotado do país sobre a correção de nossa causa; incapaz, como libertadora e emancipadora de escravos, de lhes dar verdadeira liberdade e igualdade, ao contrário, escravizando e degradando nossos próprios irmãos brancos. Sim, o norte industrial derrotou o sul aristocrático — os frutos dessa vitória são agora visíveis. Onde quer que haja indústria existe feiura, miséria, opressão, tristeza e desespero. (…)

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: