Para o futuro — e meu processo contra a prefeitura de Itajaí

Não, os dois assuntos não têm relação. Geralmente, aqui, escrevo sobre um assunto. Neste será diferente. Primeiro, o futuro, e escrevo não para o leitor de hoje, mas para o leitor do futuro, algum historiador, jornalista, que esteja pesquisando as reações locais aos protestos desta sexta-feira e domingo no Brasil de 2015, suas repercussões, análises etc. Claramente, as manifestações deste manifest_salariodomingo, que são contra “tudo isso que aí está”, que resume o não-elegi-meu-candidato-em-outubro-passado-por-isso-fui-pras-ruas, colocou mais de uma centena de milhar de pessoas pelo país afora (os números ainda divergem enquanto escrevo esta coluna). E não poder ser diferente, visto que a manifestação do domingo foi amplamente divulgada por toda a mídia, ganhou cadernos especiais nos jornalões, chamadas de capa, propagandas PAGAS nas capas de jornais, apoio de sindicais e grupos patronais (como em Itajaí, a CDL, o Clube dos Diretores Lojistas, por exemplo), fora a cobertura exaustiva das TVs durante este domingo. Até, num contexto, era pra ter muito mais gente. Porém, foi um número expressivo. Já o contrário, as manifestações que foram de apoio à Petrobras, à Reforma Política e ao Governo Federal (mas que também tiveram algumas críticas à manifest_cubaalgumas políticas do atual governo), mal ganharam algumas linhas nos dias anteriores, não tiveram investimentos quase milionários em estruturas, organização, mídia e afins, fora a cobertura jornalística no dia, tímida (mas teve).

Portanto, comparar as duas manifestações não tem nem cabimento, e a contra o governo federal, teria de ter mesmo o número de pessoas que foram mobilizadas às ruas seguir as pautas (muitas, ridículas) que foram marteladas na cabeça dos brasileiros nas últimas semanas. Espero que o leitor do futuro esteja lendo num país democrático, e que os muitos que pediram pela (pasmem!) volta da Ditadura Militar manifest_fomeou pelo (pasmem!) impeachment da presidenta recém-eleita Dilma Rousseff não tenham conseguido seu intento e tenhamos continuado com a nossa democracia intacta. Óbvio que, se houvesse algum problema legal que levasse ao tal impedimento da presidenta, seria outra história. Porém, o que temos é apenas o mimimi dos que não conseguiram derrotar (pela quarta vez!!) o PT em Brasília e agora tentam um golpe, mas, não adianta só berrar e esbravejar. E, em seguido nosso histórico democrático atual, é claro, em breve, como nosso leitor do futuro saberá, teremos saído dessa crise mundial que só nos atingiu agora entre o final de 2014 e começo de 2015. Do contrário, a crise se alongará por muitos anos. A(s) resposta(s), o futuro nos dirá.

Processo contra a prefeitura
Neste dia 26 de março, às 17h, terei a audiência de instrução e julgamento contra a prefeitura de Itajaí, enquanto servidor público que sou (concursado desde 2007, aliás, minha única função na prefeitura até este momento). O caso é sobre o meu afastamento por 30 dias sem remuneração por ter criticado de “forma inadequada” o governo municipal no meu blogue (fora do horário de trabalho!!!).

Uma resposta to “Para o futuro — e meu processo contra a prefeitura de Itajaí”

  1. Daniel Ramos De Oliveira Says:

    Rômulo, acho interessante os pontos por ti colocados no presente artigo de seu blog, no entanto, é notável que em nenhum momento você citou que as manifestações realizadas na Sexta-Feira tiveram igualmente financiamentos de algumas pessoas vinculadas a atual conjuntura partidária que domina o nosso país, como igualmente houve na de Domingo.
    Felizmente foram realizadas manifestações de ambos os lados, confesso que não participei de nenhuma das duas, pois tenho pontos em comum com ambas, penso que é impensável retirar uma presidente do Poder na situação atual do País e a nível Mundial, acredito que a atual presidente em muitos pontos é ineficiente, isto é um fato, no entanto é irreal culpá-la de tudo que ocorre no país e ainda mais na política brasileira (especialmente nos setores que não dependem dela), no entanto igualmente irreal, é dizer que ela não possui um poder manipulador que trabalha por ela, financiado direta ou indiretamente pelo partido que a colocou no poder. Fazer do PT (ou de qualquer outro partido) de santos, é brincar com a inteligência do povo brasileiro, e pior é deixar nítido que estes que fazem, se tornaram seguidores que foram vendados por seus partidos, e desta forma não são capazes de criticarem os seus semelhantes, e isso é um grande risco, vejo que atualmente partidários (ou apoiadores dos ideais defendidos pela atual conjuntura partidária que está no poder) não têm a capacidade criticar as suas atitudes, que igualmente a presidente da república (não possui capacidade de criticar o seu partido e seus semelhantes), se baseia em dados irreais ou em justificativas simples tais como: “Eu não vi nada, eu não sei de nada”; “Quem foi para a rua, foi quem não votou em mim”, oras, se o presidente é o administrador e têm poderes de autotutela para defender sua administração, como pode dizer que não sabia de nada que estava ocorrendo em suas autarquias? Além disso, se estamos numa Democracia, qual o problema das pessoas que não votaram no candidato A ou B, de ir para a Rua? Eles são proibidos de se manifestar? A manifestação têm menor valor do que aquela realizada por partidários ou seguidores do atual governo?. Penso que este discurso, vai em desencontro com a Democracia implantada em 1988 com a nossa Constituição Federal, ou seja, se vivemos numa Democracia todos possuem o mesmo direito, e todas as manifestações populares possuem o mesmo valor, por isso, é preocupante tal situação, pois muitos partidários da atual conjuntura partidária, se demostram incapazes de criticar a seus semelhantes e as atitudes de seus chefes, isso é um erro grave numa Democracia que quer no futuro se tornar consolidada e “perfeita”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: