Prefeitura fecha Farmácia Popular — e ninguém reclamou!

(na edição desta semana do Sem Censura, infelizmente, o último parágrafo não saiu por algum problema na diagramação, mas, aí está a coluna, na íntegra)

farmacia popular itajaiE sabem por que usei o passado? Porque isso aconteceu no ano passado! Há mais de três meses Itajaí perdeu a única Farmácia Popular, programa do Governo Federal que o atual governo municipal faz questão, ao que parece, de esconder da população, e, como escondido estava, fechou, segundo matéria do Diarinho (também do ano passado, citando a justificação do governo municipal), pela baixa procura dos itajaienses, esse povo rico, milionário, que prefere pagar caro nos remédios. O programa do governo Dilma Rousseff é “para ampliar o acesso aos medicamentos para as doenças mais comuns entre os cidadãos”, mas, sabem onde a prefeitura de Itajaí enfiou a farmácia popular na cidade? Não, não sabem, né? Claro que não, a divulgação era pífia, e a localização, ridícula, quase completamente inacessível e escondida. Ficava a uns 50 metros após o último ponto de ônibus da Cônego Tomaz Fontes (continuação da Sete de Setembro), onde nem

Pra chegar na farmácia de carro, tem  (tinha) de estacionar muuuuito longe (e ainda pagar estacionamento rotativo)

Pra chegar na farmácia de carro, tem (tinha) de estacionar muuuuito longe (e ainda pagar estacionamento rotativo)

estacionamento havia (a avenida não tem estacionamento desde a esquina com a Hercílio Luz)!! Querem ver como era escondida? Mal havia placa de sinalização indicando que ali existia uma farmácia! A única placa era colada em cima da entrada, e, quem passasse de carro, simplesmente nem saberia da existência de uma farmácia popular da prefeitura!

A diferença de preço para as farmácias comuns chega de 165% a 1483% (isso também nas conveniadas), segundo a matéria do Diário do Litoral!! Mais de mil por cento de diferença! E o itajaiense nem chegou a saber da existência da Farmácia Popular! Agora, me pergunto, por que colocar a farmácia num lugar tão inacessível, tão escondido da população? Por que não colocar num bairro mais populoso, ou entre bairros populosos?? E me pergunto também, oras, uma parte dos itajaienses foi às ruas berrar por mais educação (porém, não tem apoiado a greve dos professores estaduais), mas também foi berrar por mais saúde, e, alguém viu faixas perguntando aos gestores da saúde locais o motivo de a dengue estar assolando a cidade? Alguém viu faixas perguntando o motivo de não haver mais farmácia popular na cidade? Eu até poderia perder meu tempo respondendo, mas, tenho certeza que nas minhas colunas passadas, onde falei sobre os protestos, a explicação já estava dada. E também sei que estou falando pro leitor deste jornal que, ao que parece, a-do-rou ir pras ruas gritar as pautas que a grande mídia mandou gritar. Mas isto também é a democracia. Uma forma dela, mas, ainda é democracia — mesmo que alguns (muitos) tentavam acabar com ela pedindo a instauração de uma Ditadura Militar, como teve em 1964.

Porém, a democracia também gostaria que estes mesmos que foram às ruas, gritassem contra os desmandos locais, mas, quem quer saber se fecharam uma farmácia PARA O POVO (do governo federal, aquele que os que foram às ruas querem a saída), e que quem decidiu isso foi o governo municipal, aquele mesmo que foi eleito com um porcentagem gigantesca, né? Oras, o povo assim quis. O povo o escolheu, entre outras duas opções. E o povo se cala diante dos problemas locais, pois “está na moda gritar contra o governo federal”, que, em Itajaí, perdeu feio (porém, é a maioria que elege um presidente ainda, não a “maioria que ‘sustenta’ o país”, que é como pensam muitos destes que gritavam por “impeachment”. Gritar por mais farmácia popular, ninguém quer, né?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: