A xenofobia, uma bandeira do fascismo

fascismo naoNão que todo xenófobo seja fascista. Mas todo fascista sempre é xenófobo. E trago este assunto aqui a minha coluna por causa de um vídeo que deixou milhares de brasileiros perplexos na semana passada. No vídeo, apresentado por um tal Daniel Barbosa que pertence à “Cruzada pela Liberdade – por um Brasil livre, ético e digno”, este senhor, com roupas camufladas e querendo se passar por um policial do Bope, agride verbalmente um trabalhador haitiano, tentando implicar que seu trabalho retirou a vaga de um brasileiro, e que estes haitianos, angolanos ou venezuelanos (estão vindo muitos, é?) estão sendo trazidos com algum objetivo militar pelo… pelo… “governo comunista da Dilma Rousseff” (pausa para gargalhadas, muitas gargalhadas!!). Sim, este senhor, que já está sendo investigado, segundo a página da Rádio Guaíba, inclusive por ter na sua ficha roubo a estabelecimentos comerciais e sequestro, acredita que está em curso um possível golpe comunista [no final desta postagem, o vídeo da entrevista ridícula que o mesmo deu ao CQC, demonstrando que este tipo de pessoa não consegue simplesmente ter UM argumento que preste!]! E que estes haitianos, fugindo de um país desgraçado por um terremoto e a exploração típica do capitalismo que o tornou um dos lugares mais pobres da Terra, são peças fundamentais neste tal golpe, que, lembre-se, muita gente que se diz inteligente acredita piamente! E aí se misturam estas teorias consPIRAcionistas numa mente retardada, mais a doença da xenofobia, mais a doença do oposicionismo estúpido sem argumentos, inflacionado por idiotas vomitando besteiras quase que diariamente, temos o caldo perfeito que sempre ajudou governos fascistas a se elevarem ao poder. E tu, caro leitor, saibas que o poema Intertexto do Brecht (“Primeiro levaram os negros/ Mas não me importei com isso/ Eu não era negro […]”) vale muitíssimo para esta questão, pois se nos calarmos, eles agirão. Se não fizermos nada, nem nos indignarmos, pelo menos, eles continuarão achando que estão com a razão. E a hora é agora, quando o ovo da serpente está nascendo. O fascismo deve ser impedido na sua concepção, e estes idiotas pensam que conseguirão impor suas ideias criminosas, sempre, é claro, ladeados por uma falsa religiosidade, falsa ética, ou seja lá que mais falácias usem ao seu favor.

O caso deste Daniel, não é isolado. Mas também não é apenas um. Eles têm muita gente ao seu redor, aplaudindo e até os financiando. Acham sempre que estão com a “verdade” ao seu lado e que triunfarão por algum deus estar ao seu lado (não te lembrar os fanáticos de outras religiões?) e coisas afins.

da minha coluna no jornal Sem Censura

Uma lista das características do fascismo, publicada em 1995 pelo filósofo Umberto Eco:

1 – Culto à tradição
2 – Rejeição à modernidade
3 – Culto da ação pela ação (descrédito da atividade intelectual)
4 – Ataque ao espírito crítico
5 – Medo da diferença, racismo e ataque à diversidade
6 – O fascismo eterno deriva de frustrações individuais ou sociais
7 – Entre pessoas sem identidade social, o fascismo ressalta o privilégio comum de nascimento num mesmo país
8 – Os seguidores devem se sentir humilhados pela ostentação, riqueza e força dos seus inimigos
9 – Não há luta pela vida, mas a vida é vivida pela luta
10 – Desprezo pelos mais fracos
11 – Todos são educados para se tornarem heróis
12 – Levado pelo heroísmo e pela guerra, o fascismo universal reforça o sentimento machista
13 – Populismo seletivo, dando a impressão de que o povo tem voz, enquanto é governado com mão de ferro
14 – “Novilíngua”: empobrecimento do vocabulário e da sintaxe para limitar o pensamento

Os dez passos para o fascismo (livre tradução minha), por Naomi Wolf:

1. Invoque um inimigo interno e externo terrível
2. Crie prisões secretas onde a tortura ocorre
3. Desenvolva uma força paramilitar que não responderá perante os cidadãos
4. Estabeleça um sistema de monitoramento interno
5. Acosse grupos de cidadãos
6. Pratique detenções e libertações arbitrárias
7. Alveje indivíduos-chave
8. Controle de imprensa e meios de comunicação
9. Declare dissidência política como traição
10. Suspendo o Estado de Direito

abaixo, o vídeo do CQC entrevistando os haitianos que foram humilhados e o… o… coisa que os humilhou…

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: