E quem elegeremos?

E finalmente chegamos no final de junho. Ou quase nele. Na última eleição, com as datas antigas, esta seria a época em que se estariam definindo todas as coligações possíveis para as eleições municipais. Porém, com a alteração do calendário eleitoral, que não tenho dúvidas, piorou a situação para todos já que se diminui o tempo em que o eleitor tem para PESQUISAR e PENSAR em que irá votar, agora, a nova data final pras coligações se decidirem é 4 de agosto. Ou seja, ainda maaaais de um mês pra toda essa lenga-lenga que não importa ao eleitor. Quer dizer, vai importar quando se decidir. Porém, enquanto os bastidores fervem, o eleitor fica na expectativa do que terá pra votar dali pouco mais de dois meses. Sessenta dias é o tempo que foi dado ao eleitor pra debater, conhecer, e decidir em que irá votar. Na minha opinião, muito pouco. Enquanto isso, ficamos nesta expectativa, sabendo que nestes bastidores, seja aqui em Itajaí, Brusque ou Salvador, a negociação de cargos é o que funciona a todo vapor, com o aval nosso, do povo, que prefere se omitir em MUDAR realmente o sistema político achando que de quatro em quatro anos pode exercer sua liberdade de votar em quem quiser.

mafalda sistemaSim, temos bons candidatos. Principalmente aos legislativos, sempre teremos ótimas opções pra votarmos. Mas, em quem vamos votar? Quem serão os vereadores eleitos Brasil afora? Faço uma aposto contigo, leitor, que serão em sua esmagadora maioria, aqueles que gastarem mais dinheiro (oficialmente ou por caixa dois) nas suas campanhas. Serão eleitos aqui em Itajaí aqueles que ostentarem mais poder. Aqueles que apareceram mais na mídia ao longo destes quatro anos, pelo menos. Infelizmente, não vamos eleger pessoas que pensam política. Claro que algumas delas, destas que serão eleitas, também pensam política. Mas a maioria que entrará novamente, só está lá pra pensar em política eleitoral, seus cargos e tentar emplacar alguma coisa em quatro anos que o faça ter visibilidade — do contrário, é tentar comprar a mídia pra aparecer bastante e da forma mais positiva possível. E o povo é MANIPULADO, como sempre, pela mídia, mesmo que nesse caso, de forma até indireta, já que a mídia dá oportunidade àqueles que também têm mais poder. A mídia não gosta de mostrar pobre, não gosta de mostrar quem pensa e faz política. Quem tem ideologia. A única ideologia que presta para o patronato (que manda na mídia) é a ideologia do dinheiro. Se fez bastante dinheiro, é alguém bom. Do contrário, é coisa de, argh, intelectual, e disso, ninguém quer saber.

Portanto, esperemos as definições das majoritárias até começo de agosto. Mas comecemos a observar com mais afinco nossos candidatos (ainda pré-candidatos) ao legislativo itajaiense! Temos muitos candidatos bons, e possivelmente, apostaria naqueles que serão os menos vistosos, entretanto, estes terão as menores chances de entrar na Câmara de Vereadores. Teremos muitos reeleitos, com certeza. Falam em renovação, mas, SE TODOS foram candidatos à reeleição, exceto os que passaram alguma temporada no presídio da Canhanduba, todos têm boas chances de serem reeleitos novamente. Mas, quem decidirá, será tu, eleitor. Ainda dá tempo.

da minha coluna no Sem Censura desta semana

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: