Archive for 4 de abril de 2017

Globo cria clima de crise na AL

abril 4, 2017

porém, somente na América Latina que ela não gosta

lenin-moreno-400x230

A Globo não gostou nada, nada, da eleição de Lenin Moreno no Equador, portanto, “é crise no Equador”

não é coincidência que a Globo comece, agora, a criar um clima de crise generalizada na América do Sul e deixe de fora exatamente os países onde o programa Neoliberal tenha voltado com força, e onde a crise está se formando agudamente, como na Argentina, por exemplo. então, por causa de uma eleição acirrada, o Equador, onde o candidato apoiado pelo atual presidente Rafael Correa, Lenin Moreno, ganhou com 51% dos votos, “o país entrou em crise”. engraçado que nos Estados Unidos basicamente foi a mesma diferença nas duas últimas eleições– sem contar que também houve pedido de recontagem de votos nos Estados Unidos, não sem esquecer de dizer que lá, custa 3,5 milhões de dólares prum candidato pedir recontagem–, porém, nunca se fala em crise ou, não se dá a mesma ênfase; sem esquecer que no voto popular, o candidato eleito PERDEU (porém, nos delegados, Trump ficou com 56% e Hillary com 42%)! na eleição passada, também vencida de forma acirrada pelo então presidente Obama, ele ficou com 51,01% dos votos (e 61% dos colégios eleitorais), e Mitt Romney 47,29% (e 38% dos colégios eleitorais), mas NENHUMA CRISE, segundo a grande mídia mundial, o qual é sempre reproduzida fidedignamente aqui pela nossa mídia.

agora, obviamente, como a Globo não curtia nenhum pouco o governo atual do Equador, aquele que deu guarida para o “terrorista” do Assange (que está há anos refugiado na embaixada equatoriana na Inglaterra, pois é perseguido político pelos Estados Unidos), o Equador entra no rol dos países feios e bobos e que estão em crise (e o Brasil???), obviamente, sem esquecer da Venezuela, que a Globo indica, segundo manda a OEA (leia aqui como a OEA é pressionada pelos Estados Unidos que quer continuar mandando e desmandando na AL), houve problemas constitucionais– só esqueceram de dizer que os problemas constitucionais na Venezuela estão acontecendo, sim, porém, dos DOIS LADOS! mas, quem que informação imparcial, né? se fosse assim, como a grande mídia iria continuar manipulando a informação que chega às massas.

Anúncios