Striptease, Escola Sem Partido, MBL e nossas hipocrisias

Estes dias estava pensando sobre toda essa bobajada que conservadores travestidos de democratas estão fazendo no país. Os caras querem proibir escolas de tocarem em assuntos sobre educação sexual, sobre gêneros, sobre a existência de pessoas que gostam de pessoas do mesmo sexo. Enfim, acham que isso é “coisa de esquerda”, mas estes montes de estrumes não falam merda nenhuma sobre o que está além do setor público (ou vcs acham que as escolas particulares pararão de falar sobre estes assuntos?).

Aí, na semana passada, passando por um baaaaita outdoor que dizia “striptease de hora em hora” — ao qual passo todos os dias quando levo meus filhos pra escola –, fiquei pensando, e se eles perguntarem o que é que é isso, O QUE VOU RESPONDER? Que são mulheres pagas para tirar a roupa para homens? Ou devo mentir pra eles? Inventar uma historinha? E se eles insistirem no assunto (minha filha tem 8 anos e meu filho 10), quererem saber o porquê, devo explicar que são homens querendo satisfazer seus desejos sexuais reprimidos??

Por que estes imbecis não vão atrás destes empresários que expõem estas coisas assim? Por que estão tão interessados em “marxismo” na escola, em “ideologização de gênero” (huahuahuhauhua) nas escolas? Pqp, hein? Vão chupar um pedaço de cana que é melhor.

Aí te perguntam “mas e seu teu filho ver um homem beijando outro homem?”. Porra, e daí, cacete??? Já devem ter visto!
Eles assistem pessoas matando pessoas na televisão e nem por isso viraram assassinos. Nós assistimos a isso todos os dias desde que nascemos, e não foi isso que nos tornou assassinos. Vão à merda! Aprendemos a respeitar o índios e não viramos índios! Se verem homem com homem, mulher com mulher, ESPERO QUE RESPEITEM, só isso. E entendam que isso É NORMAL, SIM! Queiram vocês, ou não. E vai ser cada vez mais normal. E quanto mais encherem o saco, mais o tema vai perseguir vocês, mais teremos também extremistas do lado dos que são a favor desta liberdade.

Aprendam. Aceitem. Entendam. RESPEITEM.

Anúncios

2 Respostas to “Striptease, Escola Sem Partido, MBL e nossas hipocrisias”

  1. João Marcelo Cunha Says:

    Mas não é melhor você falar sobre isso com os seus filhos do que um professor?

    • Rômulo Mafra Says:

      Acho que cada um pode e deve fazer esse trabalho. Por que não confiaria em alguém que tem uma profissão tão bela (e tão difícil) como um PROFESSOR?????
      Se não confiasse, não deixaria meus filhos na escola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: