Archive for the ‘Política’ Category

A bandeira oficial de Itajaí [2]

março 9, 2010

aí vão mais duas sugestões da bandeira oficial de Itajaí (enquanto ninguém acha uma foto da oficial), agora, usando as prováveis cores azul (partindo do princípio que seja o azul do brasão) escura. a primeira delas, fiz com base na bandeira de Israel, com a parte branca do meio maior, portanto o branco de cima e de baixo menores. a segunda, usando o mesmo tamanho de faixas azuis e brancas:

parecida com a de Israel?

ou com faixas de tamanhos iguais?

Isso pode, Jandir?

março 9, 2010

não sei se pode (mas sei quem poderá responder), mas, o presidente da ASPMI, Ivo Olâmpio Vicente, pode ter um cargo como DIRETOR DE DESPORTO DE RENDIMENTO da FUNDAÇÃO DE ESPORTE????? é que, pra ser diretor, tem que cumprir as tais 4O HORAS, não é? e ser presidente da ASPMI??? além disso, já disseram que ele também tem um cargo como professor na Secretaria de Educação, mas isso não é confirmado.

pra quem quiser conferir, a publicação do cargo de diretor do Ivo saiu no jornal do Município n° 730, na portaria 1600/09 de 17 de abril de 2009.

Nesta terça, entrevista com ex-prefeito Volnei Morastoni

março 8, 2010

do blog do Gerd Klotz

PRIMEIRO JORNAL da Rádio Comunitária Conceição, entrevista Volnei Morastoni

Nesta terça-feira, dia 9, o entrevistado do PRIMEIRO JORNAL, apresentado e ancorado por este blogueiro na Rádio Comunitária Conceição 105.9 FM, será o ex-prefeito de Itajaí, o médico Volnei Morastoni.
O programa vai a ar a partir das 7 horas da manhã.
Junto comigo estarão entrevistando o ex-prefeito, o colunista político do jornal Diário do Litoral (Diarinho), o JC, e o blogueiro Eduardo Assis (http://bastidoresdopoder.wordpress.com/), ambos comentaristas e colaboradores semanais deste programa de radiojornalismo.
O ouvinte pode participar fazendo perguntas pelo msn primeirojornal@hotmail.com
O PRIMEIRO JORNAL é apresentado de segunda a sexta-feira, das 7 às 8 horas da manhã.
Na outra terça, dia 16 (a confirmar), o entrevistado deverá ser o prefeito Jandir Bellini.

Quem quiser ouvir pela internet, clique aqui

A bandeira de Itajaí "tremulando" na imprensa

março 8, 2010

coluna do JC no Diarinho de hoje:

Daltônicos?
As cores da bandeira de Itajaí, que segundo sua concepção não teria o amarelo, tá rendendo, literalmente, pano pra manga. O vereador Níkolas Reis (PT) já disse que tem que trocar a que está no plenário e o Fabrício dos Santos (PDT) descobriu que a bandeira atual tem as características e layout da cidade de Ceuta, no norte da África.

Lá da África!
Fabrício diz que a bandeira original aprovada através da lei 683, de 23 de dezembro de 1965, vai ficar parecida com a da Argentina, Honduras, Nicarágua e El Salvador. Agora, quem fez a cagada de modificar a bandeira e sisquecer de mudar a lei?

coluna do Fernando Alécio no Diarinho de hoje:

BANDEIRA 1
O mais intrigante nesta história da bandeira de Itajaí é que não se encontra um exemplar sequer da bandeira oficial, de fundo branco com duas faixas azuis e o brasão ao centro. O colunista visitou o museu histórico, no palácio Marcos Konder, e há apenas um exemplar de uma bandeira ainda mais antiga, a primeira, toda branca com o escudo ao centro, confeccionada em 1960, por ocasião do centenário da cidade.

BANDEIRA 2
Esta bandeira branca do centenário foi substituída em 1965 pela bandeira com as faixas azuis, que por lei permanece oficial até hoje, uma vez que não existe lei alguma modificando-a, apesar de se adotar sabe-se lá por que a atual bandeira azul e amarela. O museu ainda fornece informação errada, pois consta num painel que a bandeira de 1960 foi modificada por uma lei de 1972, o que não é verdade.

BANDEIRA 3
A lei 1200 de 1972 modifica somente o brasão. Não há menção alguma à bandeira. O painel do museu também ignora a existência da lei 683, de 1965, que institui a bandeira oficial. Pissetti sugeriu que todos os vereadores assinem indicação para oficializar a bandeira atual. Resta saber se os vereadores de oposição aceitarão tal medida. Há quem defenda que deve-se resgatar a bandeira verdadeira, branca e azul.

BANDEIRA 4
Comenta-se, inclusive, em se dar início a um movimento em defesa da bandeira verdadeira perdida no tempo. Já existe um grupo de pessoas dispostas a confeccionar a bandeira branca e azul e espalhar em carros pela cidade adesivos com a imagem da bandeira correta. Pelo visto, esta polêmica envolvendo a bandeira oficial do município ainda vai render muito pano pra manga.

A bandeira de Itajaí "tremulando" na imprensa

março 8, 2010

coluna do JC no Diarinho de hoje:

Daltônicos?
As cores da bandeira de Itajaí, que segundo sua concepção não teria o amarelo, tá rendendo, literalmente, pano pra manga. O vereador Níkolas Reis (PT) já disse que tem que trocar a que está no plenário e o Fabrício dos Santos (PDT) descobriu que a bandeira atual tem as características e layout da cidade de Ceuta, no norte da África.

Lá da África!
Fabrício diz que a bandeira original aprovada através da lei 683, de 23 de dezembro de 1965, vai ficar parecida com a da Argentina, Honduras, Nicarágua e El Salvador. Agora, quem fez a cagada de modificar a bandeira e sisquecer de mudar a lei?

coluna do Fernando Alécio no Diarinho de hoje:

BANDEIRA 1
O mais intrigante nesta história da bandeira de Itajaí é que não se encontra um exemplar sequer da bandeira oficial, de fundo branco com duas faixas azuis e o brasão ao centro. O colunista visitou o museu histórico, no palácio Marcos Konder, e há apenas um exemplar de uma bandeira ainda mais antiga, a primeira, toda branca com o escudo ao centro, confeccionada em 1960, por ocasião do centenário da cidade.

BANDEIRA 2
Esta bandeira branca do centenário foi substituída em 1965 pela bandeira com as faixas azuis, que por lei permanece oficial até hoje, uma vez que não existe lei alguma modificando-a, apesar de se adotar sabe-se lá por que a atual bandeira azul e amarela. O museu ainda fornece informação errada, pois consta num painel que a bandeira de 1960 foi modificada por uma lei de 1972, o que não é verdade.

BANDEIRA 3
A lei 1200 de 1972 modifica somente o brasão. Não há menção alguma à bandeira. O painel do museu também ignora a existência da lei 683, de 1965, que institui a bandeira oficial. Pissetti sugeriu que todos os vereadores assinem indicação para oficializar a bandeira atual. Resta saber se os vereadores de oposição aceitarão tal medida. Há quem defenda que deve-se resgatar a bandeira verdadeira, branca e azul.

BANDEIRA 4
Comenta-se, inclusive, em se dar início a um movimento em defesa da bandeira verdadeira perdida no tempo. Já existe um grupo de pessoas dispostas a confeccionar a bandeira branca e azul e espalhar em carros pela cidade adesivos com a imagem da bandeira correta. Pelo visto, esta polêmica envolvendo a bandeira oficial do município ainda vai render muito pano pra manga.

"Corrupção está entranhada no governo"

março 7, 2010

do blog do Fernando Alécio:

Parece que o encontro com o ex-prefeito Volnei Morastoni (PT) provocou mudanças no comportamento do vereador Níkolas Reis, líder do bloco de oposição e único representante petista na Câmara de Vereadores de Itajaí.

Na sessão de quinta-feira (4/3), Níkolas adotou uma postura mais contundente e agressiva. Chegou a dizer abertamente, na tribuna, que há corrupção no governo Jandir Bellini (PP).

Numa cidade de homens de bem, a gente vê ainda a corrupção instalada dentro do governo”, esbravejou. “Este ano não vai ter colher de chá, não vamos contemporizar e vamos cobrar”, avisou o jovem vereador petista.

O discurso começou com a contradição do prefeito sobre a suposta queda de arrecadação, que verificou-se insignificante, passou pelas roupas enterradas, dispensas de licitação, criação da guarda armada, extinção de programas sociais e investimentos em cultura, educação e saúde.

para ler o resto e ver o vídeo, clique aqui

A cultura de Itajaí na berlinda

março 7, 2010

Itajaí está sorrindo. por todos os lados vejo pessoas agradecendo à prefeitura tudo de bom que lhes foi feito durante o ano passado e neste que está terminando seu primeiro trimestre. são só sorrisos por todos os lados. exatamente como o prefeito prometeu na sua campanha. lembrando que a arrecadação de 2009 foi meno de MEIO POR CENTO menor que no ano anterior (Volnei Morastoni), não se justificaria o contrário, certo?

errado.

na semana que se passou, mais um setor de Itajaí foi desabafar na Câmara de Vereadores. a Rede Itajaiense de Teatro foi lá saber porque tão poucos estão sorrindo. e porque eles estão minguando, como se a Cultura não estivesse sendo cuidada. rola até um comentário que o superintendente da Fundação Cultural de Itajaí, pasmem, ATÉ HOJE NÃO FOI RECEBIDO PELO PREFEITO JANDIR. este deve ser o modo de nos fazer sorrir, certo?

certo, pelo menos na visão deles isso é o certo.

abaixo, trecho da carta que foi lida na Câmara de Vereadores na quinta-feira pela Rede (no blog do Fernando Alécio você pode acessar o vídeo desta leitura na Câmara):

Lembramos aqui a plataforma de governo que se comprometeu com o projeto “Porto da Cultura”, que dizia respeito a novos locais culturais devidamente equipados. Queremos aqui também chamar ao compromisso a Vereadora Susi Bellini que se elegeu sob a “batuta” da Cultura e a qual não vemos militar nesta área. Não temos espaços para apresentações, ensaios, cursos, oficinas, eventos e não percebemos a Fundação Cultural acenando qualquer mudança para este cenário.

Os projetos:

Festival Brasileiro de Teatro: O Festival não foi realizado em 2009;

Itajaí em Cena: Projeto de compra de espetáculos que não foi realizado em 2009, este projeto diz respeito à circulação dos espetáculos locais pelos bairros da cidade;

Projeto Hora da Arte: Também não foi realizado; este projeto albergava as áreas de dança / teatro / música;

Lei Municipal de Cultural: avaliações inadequadas aos projetos teatrais, que são sempre aprovados entre 20% e 30% o que já há anos incentivou o super faturamento dos orçamentos. Necessitamos de equipes especializadas para as avaliações, pois muitas coisas se modificaram no movimento teatral ao longo dos últimos anos;

Itajaí em Cartaz: evento realizado pela REDE Itajaiense de Teatro, que irá para sua 4ª edição e não pode contar com o apoio efetivo da Fundação Cultural em 2009.

Auxílio aos Grupos:

A Fundação tem por vezes se omitido em auxiliar os grupos no que diz respeito às viagens, nas quais os Grupos representam a cidade de Itajaí em eventos e festivais de cunho nacional e internacional.

A Casa da Cultura: Nem só de frases bonitas vive o homem, portanto queremos lembrar que dia 14 de março fará um ano do evento “Abraço a Casa da Cultura” e nenhuma pedra foi movida, nenhuma pá de cal foi lançada, nenhum tijolo foi removido. O que vemos é a inércia do homem e a natureza tomando força e cobrindo as paredes com samambaias, bromélias e muito mato, principalmente no seu interior onde o público não vê. Portanto, alertamos: “A Casa Vai Cair” e não queremos ver mais um prédio histórico demolido da noite pro dia. De 150 anos de História da cidade de Itajaí, a Casa da Cultura tem CEM ANOS !!

Esperamos que em 2010, possamos melhorar as relações e parcerias entre os trabalhadores do Teatro e a Gestão da Cultura em nosso município. Pois, o que desejamos é que este novo governo perceba a história de luta de muitos anos pelo teatro e para o Teatro.

REDE ITAJAIENSE DE TEATRO

A bandeira oficial de Itajaí

março 5, 2010

na concepção de Felipe Damo:

Porém, faço uma idéia diferente da bandeira, uma vez que ela tem o fundo branco e não azul. Desta maneira as duas bandas azuis – usando um termo gráfico – não “sangrariam” no final da bandeira, ao meu entender.

mande a sua sugestão… ;-)

A bandeira oficial de Itajaí

março 5, 2010

na concepção de Felipe Damo:

Porém, faço uma idéia diferente da bandeira, uma vez que ela tem o fundo branco e não azul. Desta maneira as duas bandas azuis – usando um termo gráfico – não “sangrariam” no final da bandeira, ao meu entender.

mande a sua sugestão… ;-)

Mentirolândia

março 5, 2010

novamente DO BLOG FALA ITAJAÍ

Diante dessa forma sofista em que acompanhamos a administração pública de nossa cidade, sendo hoje sexta feira, cabe refletirmos intensamente sobre essa política velha de poucos resultados, altos custos e muita, mas muita mentira marqueteira para enganar a população.

Começam na campanha eleitoral, diante das pesquisas e de sofismas de aloprados de plantão, incia-se uma saraivada de mentiras por um lado mentindo para a população com apócrifos sobre os adversários para trazer para baixo sua vantagem, enquanto isso os sorrisinhos falsos aumentam com outra metralhadora de mentiras em forma de promessas que atingem o lógico do eleitor que necessita muito que aquelas promessas se tornem realidade. Sendo assim, acabam logrando exitosamente o eleitor com suas mentiras. Tipo estelionatários que se beneficiam da própria imoralidade.

Como já diria Lula da Silva, é melhor governar com a verdade, pois uma mentira contada, milhões terão de vir na sequência para justificar a primeira, transformando isso tudo em uma rosca sem fim e prejudicando de sobre maneira o eleitor enganado.

Em Itajaí tem sido assim desde o primeiro mandato de Jandir Bellini, aonde até o asfalto não tinha mais do que cinco centímetros de espessura e servindo apenas para inauguração e se esburacando inteiro na primeira chuva.

leia o artigo completo aqui


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 984 outros seguidores