Posts Tagged ‘2016’

Livros lidos em 2016 – o ano do Kindle!

dezembro 31, 2016

kindlee finalmente cheguei na minha anual lista dos livros lidos neste ano que termina em breve. agora, posso dizer com certeza que a minha lista aumentou um pouco mais pela facilidade de leitura pelo Kindle (no passado foram somente 13 livros, e estou terminando com 24 livros em 2016 e isso sem contar os quadrinhos!!). e admito também que consegui achar muitos livros que dificilmente conseguiria se não fosse no formato e-book! então, quem quiser aceitar o conselho, compre um Kindle! 😀

e vamos à lista:

coracao-de-aco_coverO Homem Bicentenário – Isaac Asimov
Uma Proposta Modesta – Jonathan Swift
O Universo Numa Casca de Noz – Stephen Hawking
Ubik – Philip K. Dick
Encontro com Rama – Arthur C. Clarke
Revivente – Ken Grimwood
Breviário dos Políticos – Cardeal Mazarin
Fahrenheit 451 – Ray Bradbury
Jardim de Inverno – Pablo Neruda
A Cidade e A Cidade – China Miéville
A URSS e a contra-revolução de veludo – Ludo Martens
Paris é uma Festa – Ernest Hemingway
O Velho e o Mar – Ernest Hemingway
O Capital: Uma leitura popular – Carlo Cafiero
revivente_1392929284bSonho de Prata – Neil Gaiman, Michael Reaves, Mallory Reaves
O buraco na Parede – Rubem Fonseca
Nove Amanhãs – 2° Volume – Isaac Asimov
Che 20 anos depois – Flávio Koutzii, José Correa Leite
Amálgama – Rubem Fonseca
Juventude – J. M. Coetzee
A nebulosa de Andrômeda – Ivan Efremov
Coração de Aço (#1 Executores) – Brandon Sanderson
De Primatas à Astronautas – Leonard Mlodinow
EntreMundos – Neil Gaiman, Michael Reeves

e estou lendo nesta virada de ano “Star Wars – A Trilogia” de George Lucas, James Kahn, Donald F. Glut e “As Melhores Histórias de Viagens no Tempo“, coletânea de contos organizadas por Harry Turtledove e Martin H. Greenberg, com contos sobre viagens no tempo de Robert Silverberg, Arthur C. Clarke, Ray Bradbury, Ursula K. LeGuin entre outros!

pra minha lista do ano passado, clique aqui.

tabela-leitura

nessa daí fiz 160 pontos 🙂

Anúncios

E querem reduzir novamente a representação popular política!

março 9, 2016

ricos rindoO assunto é recorrente. Os argumentos usados pelos que querem diminuir (ou não queriam aumentar) a representativa popular na política continuam as mesmas. E o povo, MANIPULADO que é por tantas denúncias, tantas manchetes negativas diariamente, acredita que se reduzir o número de representantes no legislativo municipal a coisa melhorará. Melhorará pra quem? A prefeitura continuará, como manda a Constituição, repassando o mesmo percentual que cabe à Câmara de Vereadores. E sabem por que? Porque são PODERES INDEPENDENTES. Precisam ser! Se a maioria dos vereadores que estão lá não estão demonstrando serem independentes do governo municipal, a culpa é do número de vereadores ou a culpa é da população que vota em pessoas que não têm compromissos com o POVO? Que escolhe pessoas de partidos não comprometidos com uma ideologia voltada para o povo? Ah, me esqueci, pela nova “regra”, não se vota mais em partidos. Eles são corruptos. Não as pessoas que fazem a corrupção — ajudadas pelos empresários. Não, não, a culpa é dos partidos. Tá no jornal. Deu na televisão. E, assim, fica fácil fazer uma pesquisa onde demonstraria que a população está insatisfeita com o número de vereadores.

E uma pesquisa que mostrasse que a população está insatisfeita com a política deveria decretar o fim da política? Ou aquela pesquisa que demonstra que a maioria da população está insatisfeita com o governo Jandir ou com o governo Dilma (do governo Colombo praticamente nem se fala, né?), deveríamos decretar o fim do governo deles? Não foram eleitos pelas mesmas pessoas que agora discordam de seus governos? Não precisamos mais esperar quatro anos pra demonstrar nosso descontentamento? Simplesmente os tiremos e dane-se? Não, não é assim que funciona. E a diminuição do número de representantes legislativos não deveria estar sendo levada desta forma. Mas é exatamente assim que alguns vereadores querem aparecer no braço do povo. Ainda mais em ano eleitoral, fica “feio” ir contra algo que parece (e só parece) óbvio.

E como tenho dito, o patronato (que é quem está entrando de cabeça na história) nunca gostou de muitos representantes populares — por mais ruins que eles sejam. Não lhes agrada. Nunca agradou. A conta é simples: quanto menos vereadores, mais fácil de controlá-los. E isso serve pro Executivo também, que precisa barganhar menos — e nem deveria fazê-lo, que fique claro. E o povo? O povo que se dane. O povo que tenha menos representantes seus nos legislativos (que servem exatamente pra isso, pra colocar seus representantes para fiscalizarem o Executivo). E os empresários que continuem tendo suas facilidades atendidas, mediante a manipulação tão simples do que é bom ou ruim para o povo.

Fedor da “água de peixe” se alastra pelo Cordeiros

fevereiro 12, 2016

cordeiros agua peixee alguém vai fazer alguma coisa?

porque, sinceramente, parece que sempre foi “normal” esse cheiro dos porcos caminhões de peixe que descarregam a água fedida pelas ruas, mas neste verão, parece que a coisa tá pior. esta semana mesmo, flagrei um caminhão que despejava MUITA água. infelizmente não consegui fotografar, pois logo que vi, ele entrou numa rua que fugia da minha rota (e estava um pouco atrasado). saia tanta água fedida, que dava pra ver a espuma que ficava em volta do “rio” que ele deixava pelas ruas da Murta.

agua-de-peixe

Foto tirada dias atrás enviada por leitor…

qual a solução? parece simples, uma equipe da Famai em conjunto com a Codetran poderiam fiscalizar o bairro UMA VEZ POR SEMANA. não ficar parado tipo blitz, mas circular pelo bairro (desde o Nova Brasília), nas imediações das fábricas que utilizam o peixe. lembrando que, se não estou enganado, isto é considerado CRIME AMBIENTAL. e a população do bairro Cordeiros não aguenta mais o descaso dos motoristas/empresários e o nem te ligo do governo municipal.