Archive for the ‘Segurança’ Category

A “nova potência” de SC vai receber… CINCO policiais militares!!!!

abril 10, 2015

cinco policiaisenquanto Balneário Camboriú, pasmem, receberá 21 policiais!!!! não, claro que não acho que BC deveria receber menos, pelo contrário, provavelmente é até pouco efetivo policial pra cidade turística, e sim, Itajaí é que tinha de receber muito mais, pelos problemas apresentados (cidade muito mais populosa), e, pela “força política” que deveria demonstrar, já que como mostra a propaganda da prefeitura, somos a “nova potência de Santa Catarina”, né? ou não somos? ou somos somente o maior pib catarinense e temos uma pífia força política perante as outras cidades, inclusive, Balneário Camboriú? daqui a pouco, não duvidem, estaremos atrás de Navegantes, atrás de Ilhota (enquanto força política)! temos um prefeito e vice que são ligados umbilicalmente com o governador. o prefeito está no partido da base governista federal. mas, a força que demonstram perante eles é o que vemos: cinco policiais pra Itajaí, vinte e um pra Balneário Camboriú.

ou seja, são nulos passando os limites do município. continuamos vivendo como um vilarejo, apesar do crescimento demonstrando na propaganda. continuamos a ser gerenciados de fora, deixados de lado, pois, oras, os outros são muito mais fortes politicamente, têm “bala na agulha”, como se diz, enquanto nossas lideranças municipais só sabem se digladiar internamente demonstrando sua fraqueza perante Santa Catarina.

mas, não esqueçam que quem os elegeu, foi o povo.
não esqueçam que quem não fala isso (que estou falando) pro próprio povo, é a imprensa, que se omite vergonhosamente perante as benesses que recebe em forma de propagandas institucionais, os quais entende que têm uma dívida com o governo e prefere ficar quieta quando tinha de botar a boca no trombone.

novamente, parabéns às forças políticas da cidade. só que não.

(ah, e na foto, obviamente, pra quem não os conhece, nossa vice-prefeita, nosso talvez-futuro-candidato-a-prefeito, nossa secretária de Segurança e nosso prefeito)

A barbárie da pena de morte (e dos comentaristas de Facebook)

janeiro 24, 2015

discursos de odioO assunto da coluna desta semana (ainda em tempos de “férias de verão” apesar que a maioria esmagadora dos brasileiros já voltou ao seu trabalho normal), não poderia fugir do que foi comentário no Brasil inteiro: o fuzilamento de um brasileiro por um Estado estrangeiro, pela primeira vez, até onde sabe.

Sim, este ato também considero uma barbárie, um país que legaliza o assassinato de um ser humano, que simplesmente diz “olha, desistimos de tentar a recuperação das pessoas e vamos mandar meter a bala nelas, mesmo sabendo que o tráfico e uso de drogas continuará para, provavelmente, todo o sempre”. É exatamente isto que um país e seus governantes dizem quando apelam para a pena capital, pois se desiste do ser humano, se atinge toda uma família com a retirada do mundo de um membro seu. Sim, sim, sim, os argumentos que defendem este tipo de barbárie (que é do título desta coluna) dizem que ele, UM CARREGADOR de cocaína, acabou com outras famílias. Fora que neste caso específico, sabe-se que o DONO da droga está completamente fora de questão, e mataram apenas o carregador, ou, como se chama na linguagem popular, a “mula” que levava a droga pro país.

Não, não foi ele quem “acabou com famílias” onde membros tiveram ou teriam acesso às drogas. Se fosse pra achar um culpado, seria quem mandou aquele homem pra lá; e pros que acreditam que resolveu matar o brasileiro que carregava drogas pra este senhor que o mandou pra lá, engana-se, pois, sabemos, existe demanda, a única coisa que REALMENTE MUDARÁ, é o fato de que provavelmente o traficante (de verdade) terá de PAGAR MAIS para conseguir mandar outro para lá carregando sua droga.

E acreditem, haverá quem irá se arriscar, pois, vivemos no Capitalismo, e, no Capitalismo, somos induzidos a acreditar que simplesmente quem é rico, é melhor e vive melhor que o resto. Isto já tá quase no nosso DNA de tanto que é repetido dia-a-dia, desde que nascemos! Por isso há demanda para pessoas carregarem drogas para países onde há pena capital. E continuará havendo. Queiram vocês, leitores, acreditarem ou não, reclamarem ou não. É um fato e devemos aceitar. Assim como continuará havendo demanda para o uso de substâncias entorpecentes, e isso já acontece praticamente desde que o homem é homem. E continuará existindo. Pena de morte adianta? Não. Aumento na repressão ao combate às drogas adianta? NÃO. Nem vai. Mas, cada um ainda é livre pra acreditar no que quiser, inclusive que a pena de morte resolve alguma coisa. Como disse meu amigo vereador de Blumenau Jefferson Forest, “nenhum criminoso no planeta deixa de cometer um delito por temor à legislação, os crimes são extinguidos pela construção de valores, ligados a educação, a família e as oportunidades”.

E termino esta coluna com um trecho de um vídeo (abaixo) que deveria ser visto por todo ser humano, de preferência, uma vez a cada semestre, do filme “O Ditador” (o último discurso do Ditador, no clássico), de Charles Chaplin: “(…) Não vos entregueis a esses desumanos, homens-máquinas, com mentes de aço e corações de pedra! Não sois máquinas! Não sois gado! Homens é que sois! E levam o amor da Humanidade nas vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que nunca foram amados. Os mal-amados e desumanos. Não batalheis pela escravidão! Lutai pela LIBERDADE! (…)”.

da minha coluna no Sem Censura

https://www.youtube.com/watch?v=K2K9519Upes

Prenderam os homens que colaram cartazes de Hitler em Itajaí!

maio 14, 2014
Foto de divulgação da Polícia Civil de Itajaí

Foto de divulgação da Polícia Civil de Itajaí

e finalmente a Polícia Civil prendeu os dois acusados de terem colado cartazes em homenagem ao líder nazista que enfiou o mundo todo na maior guerra mundial de todos os tempos. um dos acusados, inclusive, já era considerado nas redes sociais, no dia seguinte, como um dos suspeitos, porém, como aqui não somos juízes nem investigadores investidos de poder pelo Estado, o melhor mesmo foi não divulgar estes, pois ainda eram suspeitos. aliás, ainda são, apesar de na matéria do jornal Diário do Litoral, os dois já terem confessados, e, na casa deles, havia material de propaganda nazista, sem contar a divulgação também deste tipo de propaganda pelo Facebook.

agora, quanto aos acusados Rodrigo Frutuoso e Fabiano Schmitz, mantenho a minha linha ideológica também para este caso; apesar de achar quem é entende que o nazismo seja uma coisa boa (além do racismo, xenofobia, misoginia, típicos de quem é nazista) um total deserviço à humanidade como um todo, um total atraso na nossa evolução pretendida, também entendo que estes mesmos neo-nazistas tupiniquins merecem um processo digno, com direito a defesa e mais, que, entrando em cana, como diz a lei pra estes casos, que sejam ressocializados de verdade, que aprendam a conviver com pessoas com diferentes tons de peles, sotaques, locais de nascimento, enfim, que aprendam a viver em sociedade, sem odiar o próximo por ele ser afrodescendente, judeu, nordestino ou argentino. é isso que realmente espero dessas pessoas e do nosso sistema penitenciário, mesmo porque, a pena deles será curta, mas dará tempo de se fazer isto, e como eles são relativamente novos, 25 e 28 anos, poderão voltar à sociedade melhores do que saíram.

claro que essa é a minha esperança. já a realidade do sistema carcerário é bem diferente. e, talvez, no caso deles, aprendam na dor, ou, pior, não aprendam e acabem se misturando a outros que pensem do mesmo jeito dentro da prisão, o que não acredito muito, visto que a maioria dos nossos presos são ou negros, ou pardos.

enfim, neste momento, basta torcermos para que sejam ressocializados, apesar dos números se mostrarem contrários, e continuarmos a luta por uma sociedade menos desigual, com mais educação e onde quem seja encarcerado, que realmente saia de lá renovado pra sociedade.

O caso da propaganda nazista em Itajaí

abril 21, 2014
A força do Brasil e do brasileiro sempre esteve ligada a sua mistura de diferentes povos de várias partes do mundo!

A força do Brasil e do brasileiro sempre esteve ligada a mistura de diferentes povos de várias partes do mundo!

sinceramente, a foto que está circulando na internet desde ontem (e que me recuso a colocar aqui), mostrando uma foto do líder alemão do Nazismo, Adolph Hitler, num poste de Itajaí, bem próximo à igreja católica Matriz, no centro da cidade, é triste. porém, uma realidade, e, por isso mesmo, deve ser denunciada, como está sendo nas redes sociais. já estão comentando que a Polícia Federal já estaria no caso, visto que apologia ao Nazismo é crime INAFIANÇÁVEL no Brasil (e em quase todos os países europeus) e câmeras de segurança estariam sendo analisadas.

eu mesmo, já passei alguns perrengues com neo-nazistas aqui da cidade, principalmente no começo da popularização da internet, lá por 2001, quando recebi algumas ameaças de um destes que seguem esta doutrina, o qual apelidamos de “racistinha” (ou “nazistinha”, não me lembro direito), tamanho era sua inferioridade nos argumentos apresentados, típicos de quem continua achando que a cor da pele ou algo do tipo (como o local de nascimento) seja motivo para se achar alguém melhor ou pior que outrem.

P.S.: aos “comentadores” do Facebook: é quase uma doença mental querer comparar alguém que está cometendo um CRIME, no caso, fazer propaganda nazista, com alguém que queira propagar sobre o comunismo/socialismo. por favor, não seja idiota ao ponto de querer chegar perto de comparar as duas coisas, que são totalmente opostas. por favor!

stalin derruba hitlerP.S. 2: pros que falaram besteira quando citaram Stalin ou comunistas naquela colagem imbecil do Hitler aqui em Itajaí, olhem só o que fizeram (colagem feita hoje)! HISTÓRIA, meus caros, e aí está o cara que realmente GOLPEOU Hitler e o fez meter uma bala na cabeça com medo que fosse pego pelos Soviéticos em 30 de abril 1945!!! 
estudem, leiam (de verdade), interpretem, enfim, saiam do Facebook e vão conhecer o que realmente aconteceu, analisar os fatos que estão aí pra todos!

A solução para os problemas de Segurança Pública

abril 9, 2014

minha coluna desta semana no jornal Sem Censura:

Eita palavras tão usadas atualmente, não? É segurança pública pra cá, segurança pública pra lá, todo mundo fala de segurança pública, todo mundo quer segurança pública, todo mundo – ou quase todo mundo – entende que só tem uma saída pra segurança pública: POLÍdesigual camboriu bcCIA; policiamento; ostensividade; patrulhamento; policiais na rua. Mas, a pergunta que sempre me faço é: em quais ruas? Todas? Sério que um dia conseguiremos colocar policiais em quase todas as ruas da cidade? Todas com carros da PM circulando? O “big brother” observando a todos o tempo inteiro? Sério mesmo que acreditam nisso, vocês que gritam pelas redes sociais e entrevistas e discursos nos legislativos e executivos?

Não, né? Ninguém acredita. Mas todos fingem que acreditam. É melhor continuar bradando: queremos segurança pública! Em Itajaí até já se falou que a Guarda Armada não vai resolver todos os problemas de… segurança pública, mas, teremos, oh, a SENSAÇÃO de segurança!! Sério! Se investirá milhões de reais pra termos… sensação de segurança! E isso nos bastará! Claro que as manchetes de assassinatos (na periferia, quando merecerem manchetes) continuarão, casos de homicídios continuarão, basicamente, do mesmo jeito. Pois estes fatos continuarão acontecendo, onde sempre acontecem: NA PERIFERIA. Pois lá, bem, lá, já sabemos, o povo continuará sem acesso à políticas sérias, POLÍTICAS SOCIAIS de verdade, que os beneficiem, que levem Educação e Saúde e Habitação e Cultura. Mas o que queremos mesmo é policiais nas ruas (“nas NOSSAS ruas”), queremos guarda armada (“pra patrulhar o NOSSO belo bairro super-valorizado”). E, claro, a “opinião pública” será levada a crer que isso é para o bem dela. O povo achará que estará melhor, mais seguro, pois, oras, lá no centro da cidade, o patrulhamento será forte, ostensivo, e acabarão (ha ha ha) os assassinatos de “pessoas de bem(s)” nos belos bairros da nossa cidade! E a imprensa, que não dá muita bola pras mortes na periferia, começará a dar loas pela “sensação de segurança” que estaremos vivendo (na parte “boa” da cidade), enquanto, é claro, as estatísticas de mortes continuarão praticamente inalteradas.

Mas, querem a solução? Não há solução! Não a curto prazo, nem a médio. Vivemos sob o jugo do Capitalismo, e o Capitalismo precisa da pobreza (que vende barato sua mão-de-obra). “Ah, mas temos países ricos, onde não há pobreza”. Sim, mas ALI não há pobreza. E quase certamente porque a pobreza foi/é gerada em outro lugar para gerar a riqueza daquele “país rico” (ou acham que a Europa é rica porque são melhores que nós?); um exemplo local é Balneário Camboriú e Camboriú. E é assim que será, ainda, por muitos anos, décadas. Continuaremos com um contingente grande de marginalizados, e a única “solução” é esta apresentada pela maioria da classe política e afins: mais polícia. Depois, quando percebermos que esta não é a solução, restará a segregação dos bairros periféricos; isso mesmo, quem vive nas periferias violentas praticamente estará isolado do resto da cidade (como já vem acontecendo, sorrateiramente, aos poucos). E, assim, o Capitalismo seguirá, “invencível”, contando com o apoio, inclusive, dos que são marginalizados, oprimidos pela pujança dos cada vez mais ricos (“ah, trabalharam tanto pra isso, né?”), inventando novas fórmulas para corrigir seus problemas cíclicos, até, quem sabe, a destruição de todas as riquezas naturais do nosso planeta, tudo para consumirmos coisas que não precisávamos, mas, que enriquecem ainda mais alguém – e, consequentemente, mantendo outros na marginalidade. Esse é o resumo dos nossos problemas, inclusive, o da segurança pública.

Protesto em Cabeçudas contra a insegurança no bairro

fevereiro 10, 2014

cabeçudas protestosou totalmente a favor do protesto. sério. totalmente. PORÉM, e este porém é importantíssimo, pois as pessoas geralmente acham que não tem culpa de as coisas estarem assim, preferindo sempre culpar os outros, vejo que na última eleição, sabem quantos votos recebeu o atual governador de Santa Catarina, que é o cara que deveria estar investindo em Segurança Pública (que é o que pedem os moradores, que fique bem claro; não é a minha posição sobre o que se melhora a segurança pública)?

56% dos eleitores do bairro Cabeçudas votaram no Raimundo Colombo, mesmo com os avisos da oposição etc. etc.

tudo encadeadodestes eleitores de Cabeçudas, sabem quantos votaram no Jandir, que também não tá nem aí pra forçar o governador a olhar por Itajaí (ah sim, HOJE ele o governador vem a Itajaí e parece que vai entregar alguns carros pra PM)? 70% dali votaram no Jandir. aquele que pouco investe no que realmente poderia fazer a diferença no quesito violência, que é a área social. mas, quem quer saber de área social, né? da classe média pra cima, só querem saber de polícia no bairro deles. “investir em pobre, pra que?”. e assim, caminha a humanidade.

porém, mais uma vez reafirmo, o povo de Cabeçudas está no seu direito de protestar. porém, nós, que sabemos que só isso não adianta, também estamos no nosso direito de dizer a este mesmo povo que nada disso vai adiantar se continuarem votando na direitona. tá na hora de Santa Catarina ter um governo que pense no POVO.

Por que NÃO ter Guarda Civil armada em Itajaí

setembro 11, 2013

guarda armadafiz estes questionamentos na coluna que enviei hoje ainda para o jornal SEM CENSURA, e coloquei, novamente, minha opinião a público, como tenho feito desde o começo deste novo sistema repreensivo que o governo municipal de Itajaí quer implantar na cidade, claro, tudo isso depois de simplesmente abandonar a área social, cultural, esportiva de Itajaí, e os índices de criminalidade, bem como os índices de uso de viciados na nossa cidade. isso tudo somado, é claro, fica fácil sair com o discurso de que precisamos ter pessoas armadas pela prefeitura para dar “segurança” à população.

também pergunto, nesta coluna, que tipo de segurança é esta?, como também já perguntei em outras ocasiões aqui. na verdade, o que se pretende, com um gasto de mais de um milhão de reais do nosso dinheiro, é a simples SENSAÇÃO DE SEGURANÇA, pois, quem acredita que não haverá mais assaltos? e uso de drogas? e o comércio ilegal de drogas? isso tudo vai acabar? claro que não, pois independe de ter ou não mais ou menos policiais nas ruas.

isso só mudará com reais POLÍTICAS PÚBLICAS para a Educação, Saúde, Cultura, Esporte e por aí vai! isso sim é o que muda realmente uma sociedade! não é com mais gastos DO DINHEIRO DA PREFEITURA para criar mais empregos públicos para algo que é de competência do governo estadual!

e aí vem mais uma das nossas mazelas, culpa do governo de Itajaí, que não tenta mudar este quadro, inclusive, apoiando este governador que aí está, e que quase nada fez e fará pela segurança, pela área social, cultural etc. etc. de Santa Catarina.

mas não se enganem, ano que vem, os itajaienses votarão em massa no senhor Colombo, indicado pelo nosso santo prefeito, e “todos” sorrirão.

quem quiser ler mais artigos meus sobre a tal Guarda Civil armada, clique aqui.

Novamente, carros da prefeitura de Itajaí sem identificação

agosto 28, 2013

carro doado prefa sem adesivoserá que vamos começar tudo novamente?

a prefeitura teria recebido diversos carros doados pela Receita Federal — mais de um mês atrás –, porém, estes mesmos carros estão sendo usados por funcionários públicos e comissionados da prefeitura de Itajaí SEM A DEVIDA IDENTIFICAÇÃO exigida por lei (lei 8429, de 2002)! segundo informações, este daí da foto, por exemplo, estava sendo usado pela irmã do prefeito, eleita vereadora e agora secretária de Segurança!!!

oras, e dessa vez, indesculpável, já que o carro estava com o adesivo que estão usando por aí da propaganda da prefeitura sobre o limite de velocidade em Itajaí — ah sim, já vi carros particulares usando o mesmo adesivo perfurado, portanto, não pode servir de desculpa também pra dizer que isso já identifica um carro oficial.

e aí, secretária? e aí, prefeito? e os outros carros, será que também estão sendo usado INDEVIDAMENTE pelo governo municipal? qual o problema em identificar como carro da prefeitura de Itajaí??????

Porto manda comissionado viajar pro RJ pra fazer cursinho

julho 4, 2013

que bonito, não? resumindo o assunto que está nas páginas do Diarinho de ontem, o Porto de Itajaí mandou uma comissionada ficar vários dias no Rio de Janeiro, pra fazer um curso de segurança, tudo pago com o NOSSO DINHEIRO, e, sabendo-se que ela, sendo comissionada, pode sair a qualquer momento do Porto (e ela sairá assim que mudar o governo) e, aí, já viram onde foi parar o dinheiro gasto com esse curso, não?

na verdade, o próprio curso pedia que quem fosse tivesse um vínculo empregatício com o local de trabalho.

foram, segundo o Diarinho, mais de DOIS MIL REAIS só em diárias (ela ficou uma semana por lá) pra engenheira, fora o valor das passagens!!!!!
mas, o chefão do Porto (também comissionado, é claro, indicado pelo prefeito), disse que tá tudo certo e que a guria que viajou pra lá as nossas custas, merece sim o cursinho. ah sim, e a guria é engenheira AMBIENTAL, e foi fazer um curso de… SEGURANÇA?????

ê Itajaí…

Materia diarinho

ITAJAÍ PAROU!!!!!!! [à tarde também!!]

junho 14, 2013

agora, mais fotos da paralisação dos funcionários públicos municipais de Itajaí (mais de 1100 funcionários assinaram o ponto paralelo do sindicato!!!!), que continuaram na parte da tarde parados e com manifestações na frente da prefeitura e, às 15h, foram para o parque Alessandro Weiss, onde aconteceria o corte do bolo de aniversário de Itajaí. o prefeito Jandir apareceu 30 minutos atrasados (dizem que esperavam que  os manifestantes se cansassem), entrou calado e saiu mudo, e ainda foi seguido na sua saída por um grupo de servidores que pediam que o prefeito conversasse com o sindicato, o que não fez pela manhã. as fotos de hoje de manhã, clique aqui.

Começo da tarde, e o povo já tava todo lá

Começo da tarde, e o povo já tava todo lá

Caminhada pela rua Indaial

Caminhada pela rua Indaial

Era MUITA gente!!!!

Era MUITA gente!!!!

greve4

Com alegria, os servidores tentaram mostrar aos itajaienses suas reivindidações

Com alegria, os servidores tentaram mostrar aos itajaienses suas reivindidações

Essa foto mostra bem o número de pessoas na manifestação à tarde. E lá atrás do caminhão vinha mais!

Essa foto mostra bem o número de pessoas na manifestação à tarde. E lá atrás do caminhão vinha mais!

A galera das motos também participou!

A galera das motos também participou!

Os servidores LOTARAM o evento do corte do bolo de aniversário de Itajaí

Os servidores LOTARAM o evento do corte do bolo de aniversário de Itajaí