Archive for the ‘meio-ambiente’ Category

Fedor da “água de peixe” se alastra pelo Cordeiros

fevereiro 12, 2016

cordeiros agua peixee alguém vai fazer alguma coisa?

porque, sinceramente, parece que sempre foi “normal” esse cheiro dos porcos caminhões de peixe que descarregam a água fedida pelas ruas, mas neste verão, parece que a coisa tá pior. esta semana mesmo, flagrei um caminhão que despejava MUITA água. infelizmente não consegui fotografar, pois logo que vi, ele entrou numa rua que fugia da minha rota (e estava um pouco atrasado). saia tanta água fedida, que dava pra ver a espuma que ficava em volta do “rio” que ele deixava pelas ruas da Murta.

agua-de-peixe

Foto tirada dias atrás enviada por leitor…

qual a solução? parece simples, uma equipe da Famai em conjunto com a Codetran poderiam fiscalizar o bairro UMA VEZ POR SEMANA. não ficar parado tipo blitz, mas circular pelo bairro (desde o Nova Brasília), nas imediações das fábricas que utilizam o peixe. lembrando que, se não estou enganado, isto é considerado CRIME AMBIENTAL. e a população do bairro Cordeiros não aguenta mais o descaso dos motoristas/empresários e o nem te ligo do governo municipal.

Itamirim vai comprar parte de uma rua…

fevereiro 3, 2016

itamirim ocupar ruase foi isso que entendi, ao que parece, finalmente o Itamirim vai ocupar aquela área desmatada anos atrás e comentada aqui no blogue (em 2013).

porém, agora, junto com a provável obra que vai sair do papel, vem junto uma desafetação de parte da rua Paulo Hoier.

jose gall itamirim

Essa é a foto da publicação de 2013…

alguém sabe de alguma coisa? já deve estar tudo autorizado pela prefeitura, né? e como será que acontecerá a tal desafetação da Paulo Hoier? e torcer pra que tudo esteja dentro da lei etc. etc.

As mudanças climáticas e Itajaí

novembro 30, 2015

cop 21 itajaihoje começou em Paris a maior reunião de líderes mundiais da história (COP-21) para tentar diminuir as consequências e a própria temperatura da Terra, o Aquecimento Global (que alguns continuam enchendo o saco dizendo que não existe, aí criaram a palavra Mudanças Climáticas, pois isto é impossível de se negar que esteja acontecendo).

porém, em Itajaí, estamos indo na contramão da história, na tentativa de se diminuir os impactos da poluição, e um exemplo claro, é a diminuição do uso do transporte público coletivo e o aumento significativo do uso de carros em Itajaí, e isso com o apoio irrestrito praticamente do governo municipal que nada faz e nem possivelmente fará até o final do primeiro mandato para se mudar. não se pensa em trânsito humanizado. não se tem nem ainda o “dia sem carro” (que serve como conscientização). não se tem nem melhorias no próprio trânsito da cidade, quanto mais algo diferente ou novo para se incentivar o uso do transporte coletivo (ou até novos meios de transporte coletivo mais sustentáveis, por exemplo).

mas, quem liga pra isso em Itajaí, né? vivemos numa bolha fora do planeta Terra, não queremos saber de consequências nem do mundo que deixaremos para nossos filhos. queremos saber de nós, e, no máximo, do nosso rio Itajaí (e só se ele vai transbordar ou não), não nos interessa que todos seremos afetados amanhã, ou já estamos sendo afetados hoje — e ontem –, o importante é não dar importância e não pensar nisso (que já vem de longa data), quem sabe, pensar em qual candidato a vereador eu vou pedir uma carrada de brita no ano que vem, ou qual candidato a prefeito mais sorridente eu vou desperdiçar meu voto nas eleições municipais — e quem sabe eleger o candidato apoiado pelo atual prefeito que nada faz. ah, sim, e o importante é continuar xingando o governo federal, pois ele é o culpado por tudo.

Não se preocupe com os dois milhões que estás tirando da Mobilidade Urbana, prefeito!

julho 8, 2015

dois milhoesÉ, não se preocupe! Sabemos que esse dinheiro vai ser retirado de investimentos que IRIAM melhorar a vida dos itajaienses e irão para a sua Marina e para outra regata, não é mesmo? Mas, realmente, não se preocupe, foram só algumas manchetes lhe enchendo o saco na semana passada. Uma ou outra matéria falando sobre o assunto. Algumas pessoas entrevistadas, talvez, reclamando do seu governo, e aquela sua entrevista um “tanto estranha” dada na semana passada. Mas isso não lhe atinge, não é mesmo? O senhor nem se preocupa com isso, nem se preocupa com vários secretários que foram entrevistados e passaram a bomba pra outro, pra outro, até que não sobrasse um só culpado. Talvez até queiram jogar esta bomba no seu colo. Mas seu colo é bem protegido, né? O senhor não se precisa se preocupar. A sua vice-prefeita mesmo, nem parece que existe ou existiu. Falaram um pouco dela durante esta epidemia de dengue que a sua secretaria de Saúde deixou que acontecesse do jeito que aconteceu, mas, não pega nada. Está tudo em casa. Os “amigos de fé, bola e dominó” podem até fingir que reclamam às vezes, mas todos baixam a cabeça diante de seus tapinhas nas costas, de seu sorriso e seu modo afável de lhes tratar. Eles ainda lembram-se de como aquele outro prefeito era turrão, chato, e, no final, tentou bater de frente com eles, mas já era tarde demais, pois a arapuca estava armada, e muito bem armada (até hoje ninguém sabe quem vazou aquelas gravações da Polícia Federal com o ex-prefeito numa mobilidade urbana jandir belliniconversa particular lhe xingando). E aí o senhor passeou nas eleições que, a princípio, pareciam perdidas… com capas de jornais, toda a imprensa, e, aí, até o povo estava do seu lado. E veio a reeleição, porém, pra quem nadava no Mar da Tranquilidade, nunca encontrado pra dar declarações em momentos de problemas, isso, quando era procurado!

Mas, quanto a estes dois milhões que poderiam ajudar a continuar a obra da Via Portuária (quem se importa, né?), que poderia ajudar a melhorar nosso caótico e violento trânsito da cidade (quem se importa, né?), vai para ajudar os milionários que comprarão sua vaga na Marina Itajaí, e pagarão a uma empresa PRIVADA, não pagarão à prefeitura, não. Bom, né? Pro prefeito, deve estar bom. E ele nem deve se preocupar, pois, é claro, o povo itajaiense não vai pra rua pra cobrar seus direitos. Ele só vai pras ruas quando incitado pela mídia nacional. Pra reclamar da Dilma, pedir a volta da Ditadura Militar e coisas afins. Sim, somos muuuito politizados. E até batemos no peito quanto a isso. Portanto, novamente, fique frio, prefeito, na semana que vem, aqui em Itajaí, ninguém nem lembrará destes dois milhões retirados do povo.

Cinzas do vulcão Calbuco em Itajaí!

abril 26, 2015

ontem fotografei perto do meio-dia um céu com uma coloração estranha, e, claro, já conjecturávamos que esta cor poderia ser as cinzas do vulcão chileno Calbuco que deveria já estar influenciando aqui no sul do Brasil. e não deu outra, logo em seguida começaram a pipocar matérias nos portais brasileiros dando conta que realmente aquele céu estava assim por causa do vulcão que entrou em erupção na terça-feira passada. aí estão as fotos que fiz e publiquei ontem no meu Facebook:

DSC07357DSC07354DSC07352

Principal obra de mobilidade urbana de Itajaí parada há mais de 3 anos

fevereiro 11, 2015

e o povo (?) quer ir pra rua pedir impeachment de quem? da presidenta… :-/

O compromisso cada vez mais escancarado de Jandir com as construtoras e contra o meio ambiente

março 5, 2014

minha coluna desta semana no jornal Sem Censura:

predios itajaiJá são vários sinais dados ao longo dos anos, mas, que a sociedade itajaiense, incluindo-se aí os próprios ambientalistas, preferiram relegar ao segundo plano, ou, pelo menos, não fazer tanta força. Antigamente, no governo do PT, por exemplo, tinham mais força, pois eram apoiados por muitos que hoje estão dentro da Bellinilândia, a Sucupira catarinense.

E este compromisso da dupla Jandir&Dalva fica a cada dia mais ridículo, mais vergonhoso, e, claro, tudo isso em detrimento do nosso escasso e sofrido meio ambiente, se é que podemos chamar assim o que vem sobrando de verde em nossa Itajaí. E isto foi ainda mais claro na semana passada, inclusive, sendo veiculado primeiramente aqui neste jornal Sem Censura. O colunista político do Diarinho JC, primeiramente tratou o caso com desdém, mas, parece, alertado pelo que saiu no S/C, acabou voltando atrás e publicando o que todo mundo já desconfiava há tempos. O caso de que estou falando é de um mapa confeccionado por especialistas na Famai (com estudos da Univali!), e que tratava do Parque da Ressacada, projeto devidamente esquecido na gestão Jandir/Dalva. Inclusive, o tal mapa irritou tanto o santo prefeito – que só é visto sorrindo pra população (mas que mete a faca pelas costas desta mesma população quando lhe convém) – chegando ao ponto de exonerar um comissionado por considerar que o novo mapa iria atrapalhar muito o progre$$o da cidade – e estranhamente não exonerando a própria secretária e sem falar dos especialistas da Univali! Mas, como os cifrões explicam por si só, fica óbvio que o progresso entendido pelo progressista prefeito do Partido Progressista é somente para alguns, principalmente para os grandes empresários que vicejam na nossa cidade com a fortíssima especulação imobiliária (já falam em bolha imobiliária local), porém, o meio ambiente, como já disse, tanto faz, tanto fez; para o governo Jandir&Dalva, se for atrapalhar o “progresso” de alguns grandes empresários na sua escalada para o sucesso pessoal (que depois, é claro, sempre pode ser transferido para a conta bancária da campanha do próximo sucessor do paço municipal), dane-se o meio ambiente. O que importa para a Bellinilândia é que o “progresso” chegue, derrube-se o que se derrubar, aterre-se o que se aterrar, pavimente-se o que se precisar pavimentar (de preferência, com o negro asfalto), mas, o importante é o dinheiro que isso irá gerar para alguns poucos (e a sensação imobiliária que virá junto, sensação esta que está se tornando refletida no nosso quase caótico trânsito, com zero de mobilidade urbana).

E termino esta coluna, com as palavras do nosso colunista aqui do SEM CENSURA, Heli Schlickmann: “É uma vergonha que Itajaí seja o município com o 2º PIB do Estado, com sua qualidade de vida de 16º do estado, ainda não tenha elaborado e aprovado o plano de arborização urbana, enquanto isso o Zanellato, Secretário Municipal de Obras fica plantando flores e palmeiras a preço de ouro pela cidade afora.”

Orçamento de 2014 em Itajaí: publicidade, 7,5 milhões; defesa civil, 1,6 milhão

fevereiro 5, 2014

perceberam a diferença? pois é, mas, quem liga pra isso, né? quem liga pra prevenção de enchentes e outras calamidades, né? por que Itajaí iria se preocupar tanto com isso, certo? nunca tivemos maiores problemas com enchentes, deslizamentos, alagamentos entre outras cositas, então, quem quer saber de investimento nessa área?

prosporém, o pessoal do novo partido PROS lançou nas redes sociais esta semana algo mostrando este comparativo que está intitulado aqui no blogue. é que o pessoal do PROS decerto não sabia que este ano é um ano eleitoral. e, ano eleitoral, o que precisamos em Itajaí? não, não é Educação, nem Saúde, nem Cultura, nem Mobilidade Urbana. precisamos é de MUITA PROPAGANDA. e a propaganda em si, nem é o objetivo dessa dinheirama que a prefeitura vai gastar nos meios de comunicação locais — propagandear O QUE????, pois, se houvesse o que se mostrar para o povo itajaiense, olha, até teria alguma razão.
o negócio é que se precisa CALAR a imprensa. é isso mesmo. a imprensa precisa ser silenciada, de alguma maneira. e a única maneira conhecida, são as belas peças publicitárias que a agência contratada pela prefeitura faz nos jornais (televisivos, radiofônicos ou impressos), mas, claro, isso não é para todos, e sim, para os famosos “boca-alugadas”, que são aqueles veículos e/ou pessoas influentes destes meios que se vendem a preço de banana para elogiar o governo municipal (ou simplesmente, para não criticar). só que isso ainda seria até compreensível (minto, não é compreensível coisa alguma!), se em Itajaí tivéssemos uma forte imprensa independente, ou, pelo menos, combativa de certa forma. só que nem isso temos!!! tá praticamente TUDO dominado! não há escapatória, e o governo sabe que precisará eleger o seu deputado estadual em outubro, ou, no mínimo, impedir que um da oposição se (re)eleja.

e, por isso, teremos SETE MILHÕES E MEIO DE REAIS destinados à publicidade dos atos (?) da prefeitura, e só precisaremos de um milhãozinho e meio para a Defesa Civil.

parabéns, prefeito, parabéns, vice-prefeita! e, claro, parabéns a todos os que votaram neles e continuam os apoiando, inclusive aqueles que vão votar nos candidatos indicados pelo governo municipal em outubro. Itajaí voltou a sorrir, né? :-/

Vereador denuncia falta de conservação e descarte de vacinas no município de Itajaí

janeiro 28, 2014

da assessoria do vereador Thiago Morastoni (PT):

Parlamentar encontra centros de saúde sem a mínima estrutura para o armazenamento desses medicamentos

vacina lixoO vereador Thiago Morastoni (PT) está perplexo com um grande descaso na saúde pública de Itajaí. Após receber várias denúncias, o parlamentar visitou centros de saúde do município e constatou problemas graves no acondicionamento de vacinas. Os medicamentos estão sendo guardados em locais impróprios, sem a refrigeração necessária, e o fato vem fazendo com que muitos percam a eficácia e sejam até jogados fora. Um requerimento foi protocolado na Câmara de Vereadores, pedindo informações à Secretaria Municipal de Saúde, e uma denúncia deverá ser encaminhada ao Ministério da Saúde e ao Ministério Público.

Na tarde de segunda-feira (27), Thiago Morastoni esteve no Centro de Referência da Saúde da Criança e da Mulher (Crescem), no centro de Itajaí, local que, na teoria, deveria ser referência na conservação de vacinas comuns e também das imunobiológicas especiais, para o combate de doenças crônicas. Porém, a realidade encontrada foi de assustar: as vacinas ficam guardadas dentro de uma sala quente, onde o ar-condicionado está quebrado há mais de um ano. Para piorar, a geladeira, onde deveriam ficar esses medicamentos, também está quebrada e tudo é colocado em caixas de isopor.

“Fui informado por profissionais da saúde que ali trabalham que muitos medicamentos acabam sendo imunoexpostos, ou seja, descartados por perda de qualidade em virtude do aumento da temperatura. As caixas de isopor são constantemente abertas e fica praticamente impossível manter uma temperatura abaixo de 8ºC, essencial para a conservação das vacinas. Além disso, o sol bate no local e deixa a sala um verdadeiro forno nesses dias de muito calor”, destaca o vereador.

Thiago Morastoni também encontrou situação idêntica, com ar-condicionado e geladeira quebrados, no posto de saúde do Bairro Nossa Senhora das Graças. “Estou perplexo com tamanho absurdo com a saúde e o dinheiro dos itajaienses. Como pode tanta falta de respeito por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí? Não está em jogo somente milhares de reais sendo rasgados, ao ter que jogar fora medicamentos comprados com dinheiro público, por não terem sido guardados da forma correta e onde deveriam. Mas está em risco também a vida das pessoas, a partir do momento que podem estar sendo utilizados medicamentos que perderam sua qualidade ou eficácia, em virtude da irresponsabilidade de gestão da saúde em Itajaí. Isso é muito grave”, completa.

O parlamentar protocolou requerimento na Câmara de Vereadores, pedindo diversas informações aos responsáveis pela Secretaria Municipal de Saúde. Entre outras coisas, pede um levantamento da forma como vem sendo feita a conservação das vacinas em todos os postos de saúde da cidade e se existe um levantamento de vacinas descartadas ou inutilizadas devido ao prazo de validade ou por problemas estruturais nesses centros. Em posse das informações, Thiago Morastoni pretende encaminhar denúncia ao Ministério da Saúde e ao Ministério Público. “Precisamos saber quem são os responsáveis por esse crime contra a saúde pública e contra os cofres públicos”, finaliza o vereador.

E aí está o chafariz do Jandir!!!

novembro 20, 2013

chafariz jandir itajaié sério. mas eu, é claro, não acredito! não acredito mesmo que seria este o tal chafariz que chegou a provocar um recuo do governo Jandir Bellini lá em junho (na época da greve, lembram?), pois, o governo estava negociando com os grevistas e ao mesmo tempo dizendo que compraria um chafariz de cerca de 400 mil reais!

mas, eu não posso acreditar que ISSO seja o tal chafariz que custou 400 mil reais, e que JÁ ESTÁ SENDO INVESTIGADO PELO MP pela questão AMBIENTAL (denúncia feita pela vereadora Anna Carolina, do PRB), já que poderia colocar em risco as vidas que ali existem e até se reproduzem, segundo estudiosos. não dá nem pra chegar perto de acreditar que estes três jatos d´água tenham custado 400 mil reais e talvez eu esteja enganado. talvez não tenha custado isso, pois o governo deve ter comprado outro mais barato, pois, feio desse jeito, só pode ser barato mesmo.
talvez este só tenha sido um teste, e o chafariz de verdade que, segundo a matéria do Sol Diário, seria inaugurado hoje, seja diferente e mais bonito (visualmente falando). muitos talvezes. mas só a certeza que, se for estes três jatinhos d´água mesmo, olha, vai ficar ainda mais vergonhoso para o prefeito.